Estádio do Guanghzou Evergrande vai custar R$ 9 bi e terá capacidade para 100 mil pessoas

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2020 11h31 - Atualizado em 16/04/2020 11h32
Reprodução/Titan SportsProjeto do Novo estádio do Guanghzou Evergrande

O Guanghzou Evergrande, da China, divulgou nesta quinta-feira (15) o projeto do seu novo e rebuscado estádio. Com um formato de uma flor de lótus, a nova casa do clube chinês, que conta com os brasileiros Paulinho, Anderson Talisca, Elkeson e Ricardo Goulart, terá capacidade para 100 mil pessoas e custará 12 bilhões de yuans (quase R$ 9 bilhões).

Segundo portal “Titan Sports”, a ideia de construir um estádio desta forma partiu do magnata Xu Jiayin, dono do Evergande, que se inspirou no apelido da cidade de Guangzhou: “cidade das flores”.

Chamado pela imprensa local de “Camp Nou da China”, o novo estádio será o quarto com capacidade para 100 mil pessoas a mais no mundo. Rungrado 1st of May Stadium (Pyongyang/Coreia do Norte), (AT&T Stadium – Texas / EUA) e (Melbourne Cricket Ground – Melbourne / Austrália) são os outros três.

A arena está prevista para ser concluída em 2022 e poderia ser utilizada como trunfo na candidatura em uma das próximas edições da Copas do Mundo.