Executivo do Bayern diz que James Rodríguez pediu para deixar o clube

  • Por Jovem Pan
  • 04/06/2019 12h41
EFEColombiano poderá voltar ao Real Madrid e ser envolvido em transações futuras

O meia-atacante colombiano James Rodríguez pediu para deixar o Bayern de Munique, clube alemão que defende após ter sido emprestado do Real Madrid. A informação foi confirmada pelo executivo-chefe do time, Karl-Heinz Rummenigge.

“A decisão está tomada. Ele me disse, em uma conversa, que gostaria de pedir que não fizéssemos uso da opção de compra”, afirmou o dirigente, em entrevista à revista alemã “Sport Bild”.

O Bayern, que trouxe James por empréstimo em meados de 2017, poderia ficar com o meia em definitivo, se fizesse depósito de 42 milhões de euros (R$ 183,4 milhões), conforme ficou definido no contrato de cessão.

“Nessas condições, não faria sentido mantê-lo no time. Ele quer jogar, ser titular, e aqui não há essa garantia. Pessoalmente, eu lamento”, disse Rummenigge.

Contratado a pedido do italiano Carlo Ancelotti, que logo depois foi substituído pelo alemão Jupp Heynckes, James fez 39 jogos na temporada 2017-2018, sendo 30 como titular. Já nos últimos 12 meses, sob o comando do croata Niko Kovac, fez 28 partidas, tendo iniciado em 19 delas.

Ao desistir de seguir no Bayern, o colombiano retornará ao Real Madrid, onde, segundo a imprensa espanhola, é visto como jogador para ser envolvido em alguma transferência. Clubes da Itália e Inglaterra estariam entre os interessados em contratá-lo.

EFE