Gabriel Jesus vê disputa entre City e Real aberta: ‘Não há nada resolvido’

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2020 11h19
EFE/Rodrigo JiménezGabriel Jesus está em alta no Manchester City

O Manchester City obteve um excelente resultado ao bater o Real Madrid por 2 a 1, em pleno Santiago Bernabéu, no jogo de ida das oitavas de final da Champions League. A vantagem é grande e encaminha a vaga dos ingleses para a próxima fase, certo? Não para Gabriel Jesus, atacante da equipe britânica que brilhou ao deixar sua marca e sofrer o pênalti, convertido por De Bruyne.

Em entrevista ao jornal “AS”, o brasileiro comemorou a atuação na casa do adversário, mas demonstrou respeito e afirmou que a disputa entre City e Real ainda está aberta.

“Estou muito feliz. Quarta-feira foi um dos gols mais importantes e significativos da minha carreira. Foi um jogo muito difícil, todos sabemos a importância e o tamanho do Real Madrid. É por isso que digo que estou muito feliz e com certeza lembrarei sempre desta grande noite. Mas agora temos que focar na volta. Não há nada feito ou resolvido, não confiamos: é o Real Madrid. Eles têm muita qualidade e temos que ir muito concentrados”, afirmou o jogador de 22 anos.

Jesus foi responsável por empatar a partida em lance que gerou revolta dos madrilenos. Os comandados de Zidane alegaram que o atacante cometeu falta em Sérgio Ramos, mas o árbitro nada marcou. Fugindo da polêmica, o atleta revelado pelo Palmeiras enalteceu o seu bom desempenho.

“Era um cenário normal, uma disputa natural sobre a posição. Eu estava olhando a bola, brigamos por esse espaço e quando ele chegou, marquei esse gol muito importante”, comentou.

“Estou muito feliz. Sabíamos que era um jogo muito complicado, mas me senti muito confortável em um dos grandes templos do futebol. Eu já tive várias oportunidades antes e sabia que o gol estava próximo, eu estava confiante. É bom ter ajudado dessa maneira!”, completou.

O Manchester City volta a enfrentar os Merengues no dia 17 de março, no Etihad Stadium, na Inglaterra. O time treinador por Josep Guardiola pode até perder por 1 a 0, que avançará na competição.