Higuaín anuncia aposentadoria da seleção argentina: ‘Para alegria de muitos’

  • Por Jovem Pan
  • 28/03/2019 16h45 - Atualizado em 28/03/2019 16h54
EFEEm 75 jogos disputados pela seleção argentina, Higuaín marcou 31 gols

Após 75 jogos disputados, 31 gols marcados e nenhum título conquistado, Gonzalo Higuaín anunciou que não jogará mais pela seleção da Argentina. O atacante de 31 anos, que está há oito meses sem ser chamado ao time nacional, agora comandado por Lionel Scaloni, fez o anuncio em um programa de TV do país vizinho nesta quinta-feira (28).

“Pensei profundamente e o meu ciclo na seleção terminou. Agora quero desfrutar com a minha família. Para alegria de muitos e de outros nem tanto, o meu ciclo chegou ao fim”, revelou Higuaín.

O atacante sempre foi muito criticado devido à falta de eficiência nas três finais perdidas em dois anos a serviço da seleção: a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, quando perdeu um gol cara a cara com o goleiro alemão Manuel Neuer; e as Copas Américas de 2015 e de 2016, ambas para o Chile.

“Na Argentina, fala-se mais dos gols que eu perdi que os que marquei. Os gols nas Eliminatórias são tão importantes como os do Mundial. Vi sofrer muito a minha família”, revelou. “Chegar a uma competição e poder jogar as finais… se isso é fracassar, então não sei de nada. Fracassar é não conseguir se classificar para uma Copa do Mundo”, completou.

Atualmente Higuaín está defendendo o Chelsea, a pedido do técnico italiano Maurizio Sarri, com quem trabalhou no Napoli. Ele foi emprestado pela Juventus e já jogou também na Europa por Real Madrid e Milan.

Com informações de Agência Estado