Immobile marca 3 gols, Lazio atropela a Sampdoria e amplia invencibilidade

  • Por Jovem Pan
  • 18/01/2020 14h00
EFE/EPA/ETTORE FERRARI

A Lazio deu sequência neste sábado à extraordinária fase que vive no Campeonato Italiano. No Estádio Olímpico, a equipe romana goleou a Sampdoria por 5 a 1 e ganhou ainda mais força na briga pelo título que o clube não conquista desde a temporada 1999/2000.

A vitória deste sábado foi a nona seguida da Lazio na competição e a 14.ª partida consecutiva sem derrota. A última vez que o time perdeu no Italiano foi no dia 25 de setembro, quando caiu diante da Inter de Milão, por 1 a 0. Com 45 pontos, o time da capital está em terceiro lugar, a três pontos de distância da Juventus, líder do campeonato, e apenas um atrás da segunda colocada Inter.

Uma vez mais, o grande destaque da Lazio foi o atacante Ciro Immobile, autor de três gols. Ele é o artilheiro disparado da competição, com a impressionante marca de 23 tentos anotados. O italiano está muito à frente do segundo colocado, o astro Cristiano Ronaldo, da Juventus, que tem 14 gols.

A festa da Lazio começou logo aos seis minutos de jogo, quando o atacante equatoriano Caicedo aproveitou um rebote do goleiro Audero para abrir o placar. Dez minutos depois, Immobile balançou a rede pela primeira vez na jornada na cobrança de um pênalti, e o goleador apareceu de novo aos 19 para ampliar a vantagem dos romanos: ele recebeu um lançamento longo e teve sangue frio para driblar Audero antes de marcar.

O massacre teve prosseguimento no segundo tempo. Aos oito minutos, Quissanga recebeu um passe do volante Lucas Leiva e, cara a cara com o goleiro da Sampdoria, mandou um chutaço que entrou no ângulo. Aos 19, Immobile teve mais um pênalti para cobrar e novamente não desperdiçou a oportunidade.

Aos 24 minutos, a Sampdoria conseguiu finalmente sair do zero. O goleiro Strakosha deu um rebote e o polonês Linetty, da entrada da área, conseguiu marcar com um chute de pé direito. Nada, porém, capaz de abalar a soberania da Lazio. A equipe da casa se deu ao luxo de poupar energia na reta final da partida, já pensando no clássico contra a arquirrival Roma, marcado para o próximo domingo.

*Com informações de Estadão Conteúdo