Liga dos Campeões: como PSG, Barça, Bayern e companhia chegam para as quartas de final

Atalanta e PSG decidem, nesta quarta-feira, 12, quem será o primeiro semifinalista do torneio, que terá sua etapa final sendo disputada na cidade de Lisboa, em Portugal

  • Por Pedro Sciola
  • 12/08/2020 07h00 - Atualizado em 12/08/2020 07h07
EFE/EPA/UEFANeymar deu a classificação ao PSG contra o Dortmund

A Liga dos Campeões da Europa chegou em seu momento decisivo. A partir desta quarta-feira, 12, Atalanta, Paris Saint-Germain, RB Leipzig, Atlético de Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Manchester City e Lyon começam a se enfrentar de maneira inusitada. Devido à pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus,  as quartas de final, as semifinais e a grande final serão realizadas em partidas únicas e com portões fechados, todas na cidade de Lisboa, em Portugal. Mas, afinal, quais são os confrontos, quem são os destaques e como os times chegam para essa espécie de maratona no território português? Abaixo, a Jovem Pan Online responde a essas e outras perguntas.

ATALANTA X PARIS SAINT- GERMAIN –  Quarta-feira, 12 de agosto, às 16 horas (de Brasília)

Papu Gómez, camisa 10 da Atalanta, é o destaque do time na temporada

A primeira partida das quartas de final da Liga dos Campeões será entre Atalanta e PSG, no Estádio da Luz, nesta quarta-feira, 12. O jogo é muito esperado pelos amantes de futebol internacional, já que as duas equipes estão entre as que mais balançaram as redes na temporada 2019/20. Sob o comando de Gian Piero Gasperini, o time de Bérgamo surpreendeu o mundo com um futebol ousado, envolvente e ofensivo – a equipe terminou o Campeonato Italiano na terceira posição e com o melhor ataque, somando 98 gols em 38 rodadas. O Paris Saint-Germain, por sua vez, conquistou todos as competições possíveis neste ano (Francês, Copa da França, Copa da Liga Francesa e Supercopa da França) e tem Neymar como estrela para conseguir objetivo: triunfar na Liga dos Campeões.

Atalanta
Campanha na atual Liga dos Campeões: 4 vitórias, 1 empate e 3 derrotas
Oitavas de final: Eliminou o Valencia (8 a 4 no agregado)
Aproveitamento pós-quarentena: 9 vitórias, 3 empates e 1 derrota
Destaque: Papu Gómez
Baixas: Josip Ilicic (problemas pessoais) e Gollini (lesão)
Provável escalação: Sportiello; Rafael Tolói, Djimsiti e Caldara; Hateboer, De Roon, Freuler, Gosens e Pasalic (Malinovskiy); Papu Gómez e Zapata. Treinador: Gian Piero Gasperini.

PSG
Campanha na atual Liga dos Campeões: 6 vitórias, 1 empate e 1 derrota
Oitavas de final: Eliminou o Borussia Dortmund (3 a 2 no agregado)
Aproveitamento pós-quarentena: 1 vitória e 1 empate
Destaque: Neymar
Baixas: Di María (Suspenso), Verratti (lesão), Kurzawa (lesão); Mbappé é dúvida
Provável escalação: Navas; Kehrer, Thiago Silva, Kimpembé e Bernat; Marquinhos, Paredes e Gueye; Neymar, Sarabia e Icardi. Treinador: Thomas Tuchel

RB LEIPZIG X ATLÉTICO DE MADRID – Quinta-feira, 13 de agosto, às 16 horas (de Brasília)

O Atlético de Madrid eliminou o atual campeão Liverpool, nas oitavas da Liga dos Campeões

Mais um embate interessante para você ficar de olho. No Estádio José Alvalade, RB Leipzig e Atlético de Madrid fazem um duelo de propostas de jogo diferentes. O conjunto alemão preza pela saída de bola de pé em pé, troca de passes e movimentação constante para tentar enganar a marcação adversária. Os madrilenos, por sua vez, possuem um dos sistemas defensivos mais sólidos do mundo e costumam aproveitar as jogadas aéreas e suas rápidas transições para surpreender os rivais. Devido às fases distintas, o favoritismo pode ser apontado para o clube espanhol, mas uma classificação do Leipzig jamais poderá ser descartada – ainda que os alemães tenham perdido Timo Werner, seu principal jogador.

RB Leipzig
Campanha na atual Liga dos Campeões: 5 vitórias, 2 empates e 1 derrota
Oitavas de final: Eliminou o Tottenham (4 a 0 no agregado)
Aproveitamento pós-quarentena: 4 vitórias, 5 empates e 1 derrota
Destaque: Christopher Nkunku
Baixas: Timo Werner (Vendido); Marcel Sabitzer é dúvida
Provável escalação: Gulásci; Halstenberg (Klostermann), Upamecano e Konaté; Mukiele, Adams (Kampl), Sabitzer, Angeliño e Forsberg; Nkunku e Schick. Treinador: Julian Nageslmann

Atlético de Madrid
Campanha na atual Liga dos Campeões: 5 vitórias, 1 empate e 2 derrotas
Oitavas de final: Eliminou o Liverpool (4 a 2 no agregado com prorrogação)
Aproveitamento pós-quarentena: 7 vitórias, 4 empates e nenhuma derrota
Destaque: Oblak
Baixas: Ángel Correa (Coronavírus) e Vrsaljko (Coronavírus)
Provável escalação: Oblak; Trippier, Giménez, Felipe e Renan Lodi; Saúl, Thomas Partey, Koke (Vitolo) e Carrasco; Marco Llorente e Diego Costa. Treinador: Diego Simeone

BARCELONA X BAYERN DE MUNIQUE – Sexta-feira, 14 de agosto, às 16 horas (de Brasília)

Os gigantes europeus fazem, sem qualquer dúvida, o confronto mais pesado das quartas de final. Em busca do hexacampeonato, Barça e Bayen entram em campo na próxima sexta-feira, no Estádio da Luz, em cenários distintos. O time da Baviera é colocado como o melhor do planeta no momento, contando com a monumental fase de Lewandowski e ostentando uma invencibilidade de 26 jogos. Os catalães, por outro lado, vivem fase conturbada e têm em Messi – sempre ele – a principal esperança de classificação.

Barcelona
Campanha na atual Liga dos Campeões: 5 vitórias e 3 empates
Oitavas de final: Eliminou o Napoli (4 a 2 no agregado)
Aproveitamento pós-quarentena: 8 vitórias, 3 empates e 1 derrota
Destaque: Lionel Messi
Baixas: Arthur (Vendido),  Umtiti (lesão) e Dembélé (lesão/dúvida)
Provável escalação: Ter Stegen; Nélson Semedo, Piqué, Lenglet e Jordi Alba; Sergio Busquets, Vidal (De Jong) e Rakitic (De Jong); Lionel Messi, Griezmann e Suárez. Treinador: Quique Setién

Bayern de Munique
Campanha na atual Liga dos Campeões: 8 vitórias, nenhum empate e nenhuma derrota
Oitavas de final: Eliminou o Chelsea (7 a 1 no agregado)
Aproveitamento pós-quarentena: 12 vitórias, nenhum empate e nenhuma derrota
Destaque: Robert Lewandowski
Baixas: Pavard (lesão)
Provável escalação: Neuer; Kimmich, Boateng, Alaba e Davies; Thiago Alcântara, Goretkza e Muller; Perisic, Gnabry e Robert Lewandowski. Treinador: Hans Flick

MANCHESTER CITY X LYON – Sábado, 15 de agosto, às 16 horas (de Brasília)

Gabriel Jesus se destacou na classificação do City sobre o Real Madrid

A disputa pela última vaga na semifinal, que será realizada no Estádio José Alvalade, pode ser considerada desigual. Liderado por Pep Guardiola, o Manchester City está demonstrando um excelente futebol coletivo e conta com jogadores que podem decidir uma partida na base da genialidade, como o belga Kevin De Bruyne. Ainda assim, o Lyon não parece que vai facilitar para os ingleses, já que eliminou a toda poderosa Juventus no último mata-mata e, recentemente, fez jogo duro com o PSG na final da Copa da Liga Francesa.

Manchester City
Campanha na atual Liga dos Campeões: 6 vitórias, 2 empates e nenhuma derrota
Oitavas de final: Eliminou o Real Madrid (4 a 2 no agregado)
Aproveitamento pós-quarentena: 10 vitórias, nenhum empate e 3 derrotas
Destaque: Kevin De Bruyne
Baixas: Sergio Aguero (lesão)
Provável escalação: Ederson; Walker (Cancelo), Fernandinho, Laporte e Mendy; Rodri, Gundogan e De Bruyne; Sterling, Foden (Bernardo Silva) e Gabriel Jesus. Treinador: Pep Guardiola

Lyon
Campanha na atual Liga dos Campeões: 3 vitórias, 2 empates e 3 derrotas
Oitavas de final: Eliminou a Juventus (2 a 2 no agregado) – venceu no critério de desempate
Aproveitamento pós-quarentena: 1 empate e 1 derrota
Destaque: Memphis Depay
Baixas: –
Provável escalação: Anthony Lopes; Denayer, Marcelo e Fernando Marçal; Dubois, Caqueret, Aouar, Cornet e Bruno Guimarães; Depay e Ekambi (Dembélé). Treinador: Rudi Garcia