Lukaku sofre insultos racistas na Itália, mas responde com gol e encarada; veja

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2019 10h46 - Atualizado em 02/09/2019 10h56
EFE/EPA/FABIO MURRULukaku sofreu insultos racistas na vitória sobre o Cagliari

Recém-contratado pela Inter de Milão, Romelu Lukaku sofreu insultos racistas na vitória do seu time por 2 a 1 diante do Cagliari, fora de casa, no último domingo (1), pelo Campeonato Italiano. Antes de bater o pênalti que determinou o triunfo, o belga ouviu parte da torcida adversária imitar sons de macaco.

No lance, que aconteceu aos 27 minutos do segundo tempo, Lukaku se preparava para finalizar a penalidade, quando ouviu os cânticos preconceituosos. Depois de marcar, o centroavante encarou os torcedores.

Antes do caso, Lautaro Martínez havia aberto o placar para a Inter no primeiro tempo, com João Pedro empatando para o Caglairi na sequência.

Lukaku tem dois gols em duas partidas pela Internazionale. Em sua estreia, o belga deixou a sua marca na goleada por 4 a 0 sobre o Lecce.

Após a partida, Lukaku se manifestou e falou sobre os últimos casos de racismo no futebol mundial. Paul Pogba, do Manchester United, foi outro jogador que sofreu com ataques.

“Muitos jogadores sofreram com racismo nos últimos meses… Eu sofri ontem também. Futebol é um esporte que deve ser curtido por todos e não devemos aceitar qualquer tipo de discriminação, que envergonha nosso jogo. Eu espero que as federações de futebol do mundo todo fortemente contra todos os casos de discriminação”, disse através das redes sociais.

“As redes sociais (Instagram, Twitter, Facebook) precisam trabalhar mais com os clubes de futebol porque ontem vocês viram um comentário racista em um post contra uma pessoa de cor. Nós estamos nessa faz tempo e ainda nada foi feito”, continuou Lukaku.

 

Clagliari promete punição

Hoje, em comunicado oficial, o Clagliari afirmou que irá identificar os torcedores e puni-los. O clube classificou o comportamento como “deplorável”, sendo “opostos” aos valores da agremiação.

Além de prestar solidariedade ao atacante, o Calgiari afirmou não querer ser tachado como um clube preconceituoso e afirmou que o combate ao racismo precisa ser feito de forma conjunta, com imprensa e outras entidades.

Veja a nota completa:

O Cagliari Football rejeita firmemente o que aconteceu domingo à noite na Sardinia Arena durante o jogo x Inter de Milão.

O clube destaca – mais uma vez – sua intenção de identificar, isolar e banir aqueles indivíduos ignorantes cujas ações e comportamentos vergonhosos são completamente contrários aos valores que o Cagliari Football promove fortemente em todas as suas iniciativas. Todo dia. 

Cagliari vs Inter de Milão, era nosso direito cuidar de nossos filhos. juntos em nome de sua paixão pelo futebol. 

Cagliari, Itália, futebol, futebol, futebol, futebol, futebol, futebol, futebol, futebol

Solidariedade total a Romelu Lukeku e compromisso ainda mais forte de aniquilar uma das piores pragas que afetam o futebol e o mundo em geral. No entanto, estamos cientes de que a tecnologia não é suficiente, acreditamos em nosso compromisso com o apoio real das partes interessadas no futebol: a partir de todos os verdadeiros torcedores, os comissários de torcida nas arquibancadas, policiais e agentes de segurança, passando mídia e também através da Serie A e da FIGC League. O Cagliari Football está pedindo a todos que o ajudem a vencer uma batalha que envolve todos. Ninguém excluído.