Mainz 05 celebra saída de sócio racista: ‘Agradecemos o seu cancelamento’

  • Por Jovem Pan
  • 09/06/2020 13h16
ReproduçãoJogador do Mainz protesta contra o racismo

A diretoria do Mainz 05 comemorou, nesta terça-feira (9), o fato de um torcedor ter devolvido seu cartão de sócio, com o argumento de que ele não poderia mais se identificar com o clube alemão, pois considera que há “muitos negros” no time.

“Há meses que não consigo mais me identificar com este clube. Comecei a ter a sensação de que está jogando a Copa Africana de Nações e não a Bundesliga alemã. E eu não sou racista de forma alguma”, diz o torcedor em sua mensagem, que o clube tornou pública, bem como sua resposta.

O Mainz, que ocupa a 15ª posição do Campeonato Alemão, descreveu o argumento como inaceitável e disse que, embora normalmente lute por cada sócio, no caso atual, está longe de lamentar que alguém assim tenha saído do clube.

“Para nós, a cor da pele ou quaisquer outras características simplesmente não desempenham um papel. Tudo o que importa para nós é que alguém é humano e que compartilha de nossos valores. Esses são os tipos de pessoas que recebemos em nossa comunidade. Por esse motivo, agradecemos o seu cancelamento, pois os motivos que você forneceu demonstram claramente que não compartilha esses valores nos quais o nosso clube se baseia”, diz o clube em sua resposta.

Além disso, a diretoria lembrou que seus estatutos dizem expressamente que o clube oferece a crianças, jovens e adultos um lar esportivo, independentemente de sexo, origem, cor da pele, crenças religiosas, posição social ou orientação sexual.

Apesar de ter alegado em sua argumentação não ser racista, o sócio disse não parecer correto que no elenco do Mainz houvesse, por vezes, nove jogadores negros na equipe.

“O racismo nasce quando os pensamentos racistas se espalham, não apenas quando alguém se diz racista, algo que raramente acontece”, finalizou o clube.

*Com EFE