Marcelo conta ansiedade antes de final da Champions contra o Liverpool: ‘Entrei em pânico’

  • Por Jovem Pan
  • 31/10/2019 10h11
EFEMarcelo é tetracampeão da Champions League com o Real Madrid

Marcelo, lateral-esquerdo do Real Madrid, revelou uma ansiedade fora do normal antes de disputar a final da Liga dos Campeões de 2017/18 diante do Liverpool, em Kiev (Ucrânia). De acordo com o brasileiro, em relato feito no “The Players Tribune”, a pressão sentida antes daquela partida foi a mais intensa de sua vida como jogador profissional.

“Eu não conseguia respirar. Eu estava tentando não entrar em pânico. Isso foi no vestiário logo antes da final da Liga dos Campeões contra o Liverpool em 2018. Parecia que eu tinha algo preso no meu peito. Essa pressão enorme. Você conhece esse sentimento? Eu não estou falando de nervosismo. Os nervos são normais no futebol. Isso era algo diferente”, disse o ala. 

Na decisão da Liga dos Campeões, o Real venceu os ingleses por 3 a 1, conquistou seu terceiro título consecutivo do torneio e se isolou ainda mais como o maior vencedor do campeonato, com 13 taças. Antes disso, porém, Marcelo conta que estava muito tenso.

“Tudo começou na noite anterior à final. Eu não consegui comer. Não consegui dormir. Eu estava pensando apenas na partida”, disse. “Talvez as pessoas pensem que isso é estranho. Já ganhamos dois troféus seguidos. Todo mundo do lado de fora queria que o Liverpool vencesse. Então qual é o problema?”, continuou. 

“Bem, quando você tem a chance de fazer história, sente esse peso. Mas, por alguma razão, eu estava realmente sentindo isso. Eu nunca tinha tido tanta ansiedade antes, então não sabia o que estava acontecendo. Pensei em ligar para o médico, mas estava preocupado que ele não me deixasse jogar”, explicou. 

Ao longo da carta, Marcelo diz que, mesmo quando entrou em campo, estava com dificuldades para respirar. Ao longo do jogo, no entanto, o experiente atleta se acalmou e pôde ajudar os Merengues com sobriedade.