Mundial de Clubes começa com jogo frenético, 6 gols e vitória do Al Ain nos pênaltis

  • Por Jovem Pan
  • 12/12/2018 16h16 - Atualizado em 12/12/2018 16h18
EFEBrasileiro Caio, do Al Ain, se destacou no jogo

O Mundial de Clubes de 2018 começou em um ritmo frenético. Al Ain, campeão do país sede (Emirados Árabes Unidos), e Team Wellington, campeão da Oceania, fizeram uma partida agitada, com muita emoção, 6 gols e decisão nos pênaltis. A classificação ficou com o time da casa, após defesa de Khalid na última cobrança. Portanto o Al Ain enfrentará o Espérance, da Tunísia, campeão africano, nas quartas de final. O vencedor desta partida vai encarar o River Plate na semifinal.

O jogo já começou de forma intensa, com ataques perigosos dos 2 lados. Mas o Team Wellington foi mais eficaz e fez 2 gols em 15 minutos. Primeiro o argentino Barcia acertou um chute de muito longe e marcou um golaço. Depois, Clapham recebeu um ótimo passe na entrada da área e, sozinho, finalizou para o gol.

O Al Ain fez gol aos 27min, com o brasileiro Caio, mas foi invalidado. O juiz acionou o sistema de vídeo arbitragem (VAR) e viu falta no início da jogada.

O final do 1º tempo também foi frenético. Ilich fez gol para o Team Welligton, após cobrança de escanteio e desvio na área. Mas na sequência o Al Ain já diminuiu, Shiotani acertou um chute cruzado e diminuiu o prejuízo.

O Al Ain voltou com tudo após o intervalo e fez gol de novo, aos 4min. Após cruzamento do brasileiro Caio, Doumbia desviou a bola para a rede.

O placar de 3 a 2 deixou os dois times tensos. O jogo esfriou por alguns minutos. Mas o Al Ain foi buscar o empate e fez pressão até empatar. O brasileiro Caio fez bela tabela e acertou um chute na trave aos 31min. Berg, que saiu do banco de reservas, quase fez gol de cabeça aos 34min. E ele mesmo conseguiu acertar aos 39min, quando girou bonito na área, chutou para o gol e contou com desvio para comemorar o empate.

A partida terminou 3 a 3 no tempo normal, então foi para prorrogação. O Team Wellington estava mais desgastado fisicamente, então o Al Ain teve mais chances de gol nos 30 minutos extras, mas não conseguiu ser eficaz. A decisão ficou para os pênaltis, que também foram emocionantes.

Diaky e Allen acertaram as duas primeiras cobranças. Mas depois um jogador de cada time errou, Berg e Kilkoly. Cinco cobradores acertaram depois, inclusive o brasileiro Caio. Mas por fim Khalid defendeu o chute de Gulley e fez a festa da torcida.

O próximo jogo do Mundial de Clubes será no sábado (15), às 11h (de Brasília), quando Kashima Antlers e Chivas Guadalajara vão decidir quem enfrentará o Real Madrid na semifinal.