No Sevilla há um mês, Caparrós anuncia que está com leucemia, mas não deixará equipe

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2019 17h08
R. GARCÍA / EFE"Não faço nenhum tipo de tratamento, todo mundo pode ficar calmo. Quero me divertir nesta profissão e agradeço a oportunidade do clube", declarou o técnico

O técnico do Sevilla, Joaquín Caparrós, anunciou, neste domingo (7), que está com leucemia crônica. A informação foi dada à imprensa logo após a vitória do clube contra o Valladolid, por 2 a 0. Apesar da doença, no entanto, o treinador garantiu que continuará no comando da equipe.

“Tenho leucemia crônica. Isso não me impede de exercer a profissão e estou levando a vida normalmente. Não faço nenhum tipo de tratamento, todo mundo pode ficar calmo. Quero me divertir nesta profissão e agradeço a oportunidade do clube. Não falarei sobre isso de novo”, afirmou.

Caparrós foi responsável por três vitórias nas últimas quatro partidas disputadas pelo Sevilla. O espanhol assumiu o cargo no mês passado.

A equipe ocupa a quinta colocação no Campeonato Espanhol, a um ponto do Getafe, último na zona de classificação à Liga dos Campeões. Restam sete rodadas para o encerramento do torneio nacional.

O caso de Caparrós remete ao de outro técnico do Sevilla que se manteve no cargo mesmo com uma doença: em 2017, o então comandante da equipe, Eduardo Berizzo, permaneceu na função depois de fazer uma cirurgia para tratar um câncer de próstata. Atualmente, o treinador argentino de 49 anos dirige a seleção do Paraguai.

Estadão Conteúdo