Para Muricy Ramalho, goleiro do Liverpool “desequilibrou” a final da Liga dos Campeões

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2018 18h15 - Atualizado em 26/05/2018 19h10
EFEBale bate de longe e Karius não consegue evitar o gol do Real Madrid

O ex-treinador Muricy Ramalho, campeão da Libertadores pelo Santos e brasileiro por São Paulo e Fluminense, acompanhou a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Liverpool, neste sábado (26), ao lado de Beetto Saad, da Jovem Pan. E o, hoje, comentarista esportivo, disse que o goleiro Loris Karius, dos Reds, teve uma atuação decisiva para o resultado final do duelo, vencido pelos Merengues por 3 a 1.

O camisa 1 do Liverpool acabou falhando em dois dos três gols sofridos pelos Reds. “O título está em boas mãos, mas gostaria de ter visto o Liverpool, uma equipe muito bem treinada, ganhando o título. O Liverpool merecia essa conquista. Mas, o futebol tem dessas coisas. O goleiro falhou duas vezes e foi muito feio”, disse Muricy, que lamentou a contusão de Mohamed Salah, do Liverpool.

“Foi um jogo muito bom do Real Madrid hoje contra o Liverpool. Mas, o Liverpool começou melhor a partida, até perder o seu principal jogador. E a saída do Salah abalou demais o time. O Real Madrid soube aproveitar esse momento e foi para cima do Liverpool, até que veio o fator goleiro. O goleiro desequilibrou o jogo e o Real Madrid foi campeão”, analisou o comentarista esportivo.