Piqué revela que elenco do Barça propôs ajuste de salário para ter Neymar

  • Por Jovem Pan
  • 31/10/2019 09h31
FCBarcelona/DivulgaçãoNeymar formou parceria com Messi e Suárez no Barcelona

Em meio às negociações do Barcelona com o Paris Saint-Germain para contar com o retorno de Neymar, em junho deste ano, o elenco do time catalão propôs ao presidente Josep Maria Bartomeu um ajuste salarial para encaixar o salário do brasileiro dentro a regra do Fair Play Financeiro. Quem revelou este segredo foi o zagueiro Gerard Piqué, em entrevista à “Cadena Ser”, na última quarta-feira (30).

Um dos líder do Barcelona, Piqué contou que o grupo de jogadores tinha ciência que o alto salário de Neymar poderia impedir a aquisição do atacante. Por isso, a proposta de adiar parte do salário foi feita ao mandatário.

“O que sugerimos a Bartomeu é que ajustaríamos o contrato, pois sabíamos que era um tema de Fair Play. A relação com o presidente sempre foi muito boa, e dissemos que, em vez de cobrar no primeiro ano, cobraríamos no segundo ou terceiro ou quarto para que Ney pudesse entrar, se este fosse o problema”, disse.

“Nós sempre vamos de mãos dadas com o clube. Se podíamos ajudar, não tínhamos nenhum problema para que pudesse vir. Se tratava de buscar uma fórmula, e o clube disse que parecia bom”, continuou Piqué.

Na visão do defensor, Neymar seria bem recebido pelo Barcelona, apesar de parte do time ter lhe avisado sobre a má ideia de ir ao Paris Saint-Germain.

“No futebol tudo pode acontecer. Nós dissemos a ele: ‘Você vai para uma prisão de ouro’. Mas ele tem a porta aberta. Se diz que quer voltar ao Barcelona, sim. Diríamos a Bartomeu que adiasse os pagamentos nos contratos para ajustar o Fair Play Financeiro e contratar Neymar.