Polícia encontra objetos na água, mas suspende busca por jogador argentino

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2019 15h45
EFEEmiliano Sala têm poucas chances de estar vivo

As buscas por um avião desaparecido no Canal da Mancha, onde estava o jogador argentino Emiliano Sala, foram suspensas no final da tarde desta terça-feira (22). A polícia local anunciou que encontrou objetos na água, mas não sabe dizer por enquanto se são restos da aeronave.

O avião sumiu dos radares na segunda-feira (21) à noite. As buscas pelo avião começaram durante a madrugada, foram atrapalhadas pelo mau tempo e retomadas pela manhã. Ao todo 5 aeronaves e uma embarcação foram utilizadas na operação, mas não surgiram novidades significativas durante cerca de 15 horas.

John Fitzgerald, chefe das buscas, não acredita que Emiliano Sala esteja vivo. O comunicado da polícia, em que anuncia a suspensão das buscas, aumenta a suspeita de que todos morreram: “não encontramos sinais de quem estava a bordo. Se eles pousaram na água, as chances de que alguém tenha sobrevivido, a essa altura, infelizmente são pequenas”.

A polícia também informou que não dará mais novidades sobre o caso nesta terça: “Operações de busca e resgate foram suspensas ao pôr do sol. O plano atual é retomar isso ao nascer do sol de amanhã. Não haverá mais atualizações à noite”.

Sala tem 28 anos, começou a carreira profissional na França e tinha acertado recentemente a transferência para sair do Nantes e ir para o Cardiff City, clube galês que disputa a Premier League, o Campeonato Inglês.