Pratto fala pela 1ª vez após final e admite erro contra o Flamengo: ‘Perdi uma bola que não tinha que perder’

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2019 15h10
Antonio Lacerda/EFELucas Pratto é um dos atacantes do River Plate

Apontado por muitos como o vilão da derrota do River Plate para o Flamengo na final da Copa Libertadores da América, Lucas Pratto falou pela primeira vez após a decisão. Em entrevista ao jornal Olé, o atacante admitiu que errou na origem do lance do gol de empate rubro-negro e pediu desculpas à torcida argentina.

“Peço desculpas aos torcedores por não ganhar uma final, agradecer o carinho das pessoas e dos meus companheiros. Somos uma família, e eu erro como qualquer um. Por sorte, neste elenco somos uma família, e todos me apoiaram sempre”, afirmou.

A jogada que transformou Lucas Pratto no vilão da final aconteceu aos 42min do segundo tempo. O atacante, que saíra do banco de reservas e já havia tomado decisões equivocadas em contra-ataques ao longo da etapa complementar, recebeu a bola na intermediária ofensiva, errou um passe – interceptado por Diego – e, depois, foi desarmado por Arrascaeta ao tentar avançar pelo meio de campo. No contragolpe, saiu o gol de empate do Flamengo, anotado por Gabigol.

“Eu erro como todos erram”, disse Pratto. “O time estava cansado, eu perdi uma bola que não tinha que perder, e assumo as responsabilidades que me cabem. Assim como fiz quando me coube coisas boas. Não era melhor que todos antes, e agora não sou pior”, finalizou.

No Campeonato Argentino, o River Plate ocupa a terceira colocação, a dois pontos dos líderes Boca Juniors e Argentinos Juniors. No entanto, os Millonarios têm um jogo a menos que os rivais e, se triunfarem, assumirão a ponta da tabela.