Real Madrid vence jogo polêmico e assume a ponta do Espanhol

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2020 20h18
Juan Herrero/EFESergio Ramos abriu o placar para o Real Madrid após cobrança de pênalti

Com gols de Sergio Ramos e Karim Benzema, o Real Madrid venceu a Real Sociedad por 2 a 1, neste domingo, 21, para superar o Barcelona e assumir a liderança do Campeonato Espanhol. A polêmica arbitragem acabou marcando a partida em San Sebastián, um duelo em que a equipe de Zinedine Zidane esteve longe de apresentar um futebol brilhante. Sergio Ramos converteu um pênalti sofrido pelo brasileiro Vinícius Júnior aos 5min do segundo tempo. Aos 20, Benzema ampliou o placar com um chute de direita, sendo que o lance só foi validado após consulta ao VAR, pois havia dúvida se o atacante francês havia dominado a bola com o auxílio do braço.

Pouco antes do segundo gol do Real, Adnan Januzaj teve um gol anulado pelo assistente, após  seu chute rasteiro passar por Cristian Portugués, que estava em posição de impedimento, com o árbitro apontando que ele atrapalhou o goleiro Thibaut Courtois. Aos 37min, Mikel Merino descontou para os anfitriões com uma finalização de esquerda, acrescentando emoção aos minutos finais, em que a Real Sociedad impôs grande pressão. O Real agora é o líder com os mesmos 65 pontos do Barcelona, mas está em vantagem por causa dos critérios de desempate – ganhou um dos confrontos diretos por 2 a 0 e empatou o outro por 0 a 0.

Neste domingo, o Real teve duas grandes novidades na formação titular: o meia colombiano James Rodríguez, que jogou no campeonato pela primeira vez desde 19 de outubro, e Vinicius Júnior, que teve boa atuação, sofrendo o pênalti que abriu o placar da partida. Sergio Ramos converteu e se tornou o zagueiro com mais gols na história da liga, com 68 e um a mais do que Ronald Koeman, ex-Barcelona. Mas depois deixou o campo lesionado. A Real Sociedad alcançou seu terceiro jogo sem vitória após a retomada do campeonato, após três meses de suspensão devido à quarentena da pandemia de coronavírus. O time caiu para a sétima posição, com 47 pontos.

*Com informações do Estadão Conteúdo