Rodada do Espanhol tem susto do Barça e tropeços de Atlético e Real

  • Por Jovem Pan
  • 15/09/2018 13h28 - Atualizado em 15/09/2018 19h31
EFECoutinho, Messi e Dembele comemoram vitória de virada do Barcelona

A rodada do Campeonato Espanhol começou com jogos equilibrados neste sábado (15). Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid tiveram dificuldades em seus duelos. O time catalão até conseguiu a 4ª vitória consecutiva em La Liga e ficou na liderança. Mas as equipes de Madri tiveram que se contentar com empates. O Atlético está com apenas 5 pontos em 4 jogos até agora. O Real tem 10 e está em 2º lugar.

O Barcelona, que começou com Philippe Coutinho no banco de reservas e Rafinha Alcântara como titular, enfrentou a Real Sociedad e tomou gol com apenas 12 minutos de jogo. Depois de cruzamento na área, Moreno escorou a bola para Elustondo chutar cruzado e marcar.

A reação do Barça só aconteceu no 2º tempo. Aos 18min, após confusão na área, Umtiti escorou para Suárez marcar. E apenas 3min depois saiu o gol da vitória, quando o goleiro tentou afastar o perigo, mas a bola caiu nos pés de Dembelé, que decidiu o jogo.

Já o Atlético teve dificuldades contra o Eibar, que fez o primeiro gol da partida em lance confuso. Após inversão do lado direito do campo para a área adversária, o meia argentino Pablo De Blasis dominou com o peito e bateu de perna esquerda para dentro da área. Enrich tentou a finalização, travada pelo zagueiro uruguaio Diego Godín, mas a bola rebateu no atacante espanhol e entrou.

O gol saiu no último minuto dos acréscimos. Após uma jogada criada pelo lado direito, Antoine Griezmann furou em tentativa de chute com a perna direita, mas Garcés, que havia entrado no segundo tempo, dominou dentro da área e bateu forte, sem chance para o goleiro sérvio Marko Dmitrovic.

Contra o Real, o Bilbao não se intimidou, atraiu o Real e saiu com força e velocidade nos contra-ataques. Em um deles, De Marcos recebeu na área, pela direita, lado mais explorado, e rolou para Iñaki Williams bater prensado e ver a bola sobrar para Iker Muniain concluir ao gol aos 31 minutos da primeira etapa.

Pouco criativo e lento, o Real Madrid foi dominado na etapa inicial e não conseguiu reagir. No segundo tempo, o time merengue melhorou com a saída do jovem Ceballos para a entrada de Casemiro. O técnico Julen Lopetegui corrigiu o erro na escalação e a equipe conseguiu se impor em campo e pressionar o adversário nos 18 primeiros minutos da etapa final até chegar ao empate com Isco. O meia, que acabara de entrar, recebeu cruzamento de Bale e completou de cabeça para deixar tudo igual.

Com Estadão Conteúdo