Roma revive drama do 7 a 1 e é humilhada pela Fiorentina na Copa da Itália

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2019 19h15
EFEFederico Chiesa marcou três dos sete gols da Fiorentina sobre a Roma

O dia 30 de janeiro de 2019 não será esquecido tão cedo pelos torcedores da Roma. Jogando contra a Fiorentina, em Florença, o time da capital italiana foi humilhado pelos adversários e perdeu o duelo válido pelas quartas de final da Copa da Itália por 7 a 1. Com o triunfo, a Viola se classificou as semifinais da competição de mata-mata.

O placar de 7 a 1, que ficou famoso nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, quando o Brasil foi derrotado pela Alemanha, não é novidade para os romanistas. Há pouco mais de quatro anos, no dia 21 de outubro de 2014, a Roma foi atropelada pelo Bayern de Munique também por 7 a 1, em casa, pela Liga dos Campeões.

Se na competição continental, Robben, Ribéry e e Lewandowski brilharam contra a Roma, nesta quarta, coube aos atacantes Federico Chiesa e Giovanni Simeone se destacarem. Chiesa foi responsável por marcar os dois primeiros gols da partida: aos seis minutos, após cruzamento de Mirallas, e aos 17, em contra-ataque após outra ótima assistência de Mirallas.

O time da capital italiana ainda diminuiu aos 27 minutos, em chute forte de fora da área de Kolarov, mas Muriel ampliou para a Fiorentina aos 32 e deu ótima assistência para Benassi transformar a vitória em goleada aos 20 do segundo tempo.

A situação da Roma ficou ainda pior aos 25, quando Dzeko foi expulso. Em grande dia, Chiesa marcou seu terceiro três minutos mais tarde. Começou a aparecer, então, a estrela de Simeone, que aproveitou ótimo passe do brasileiro Gerson para ampliar aos 33. E aos 43, o próprio argentino selou o resultado.

Com informações de Agência Estado