Seleção da Holanda fará doações para ajudar clubes em meio à pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 06/04/2020 15h58
EFEVan Dijk é destaque da seleção holandesa

Os jogadores das seleções masculina e feminina da Holanda, patrocinador e a federação irão criar um fundo de 11 milhões de euros (cerca de R$ 63,5 milhões) para ajudar clubes profissionais e amadores em dificuldades financeiras devido à crise da Covid-19.

As doações dos jogadores de futebol e do banco ING irão diretamente para o futebol amador, disse a federação holandesa em comunicado, nesta segunda-feira, embora não tenha sido especificado quanto dinheiro cada parte irá doar.

“Nós jogamos no mundo inteiro. Nos estádios mais bonitos, os jogos mais importantes e as melhores competições. Mas você nunca esquece por onde começou”, afirmou Virgil van Dijk, zagueiro do Liverpool.

Vice-campeãs mundiais no ano passado, as jogadoras da seleção feminina também irão contribuir.

“Nosso grito de guerra antes dos jogos internacionais é ‘Juntos somos mais fortes’. Agora que isso é importante fora do campo, fico feliz que também possamos fazer a nossa parte e que possamos literalmente permanecer fortes juntos”, disse a capitã Sari van Veenendaal.

Os beneficiários das doações serão cerca de 3 mil equipes amadores da Holanda, onde atuam crianças, e jovens e adultos.

A federação holandesa estabelecerá um sistema de doações e empréstimos destinados a clubes profissionais e amadores e adiará o pagamento dos créditos que alguns têm com a instituição por seis meses.

*Com EFE