Sem brasileiros em campo, Real Madrid vence o Eibar de virada com dois gols de Benzema

  • Por Jovem Pan
  • 06/04/2019 15h00
EFE/Juan Carlos HidalgoO triunfo do time treinado por Zinedine Zidane custou a ser concretizado

O Real Madrid venceu o Eibar por 2 a 1 de virada, com dois cabeceios certeiros de Karim Benzema, e se aproximou do Atlético de Madrid no Campeonato Espanhol. A partida foi válida pela 31ª rodada e só foi decidida aos 36 minutos da segunda etapa, quando o atacante francês anotou o gol vitorioso. O Real não teve brasileiros em campo. Marcelo estava suspenso, Vinicius Junior machucado e Casemiro ficou no banco.

O triunfo do time treinado por Zinedine Zidane custou a ser concretizado. Mesmo jogando em seus domínios, no Santiago Bernabéu, o Real teve dificuldades. A equipe da casa até começou à frente, mas o árbitro de vídeo anulou o primeiro gol marcado pela estrela do jogo: o meia espanhol Isco fez bom passe para o galês Gareth Bale, que passou para Benzema balançar as redes. O VAR, porém, apontou impedimento na jogada.

Após a interferência da arbitragem, o Real não conseguiu impor seu jogo e a torcida começou a vaiar. A situação piorou quando o atacante Marc Cardona abriu o placar para o Eibar, após assistência do meia Escalante, aos 39 da metade inicial. A vantagem mínima para o time visitante persistiria até o intervalo.

No segundo tempo, porém, o Real veio decidido a virar a partida. E aos 14 minutos da etapa complementar, veio o empate: o espanhol Marco Asensio cruzou para Benzema igualar de cabeça. Apesar do gol marcado pelo francês, o time da casa seguiu com dificuldades para furar a defesa do Eibar, que se fechou em seu campo.

Entretanto, depois de muita insistência, Benzema voltaria a brilhar, de novo de cabeça: desta vez, o alemão Toni Kroos foi quem cruzou para o atacante testar para as redes. Virada sacramentada a poucos minutos do fim. O camisa 9 ainda desperdiçaria uma chance clara no final, mas o francês estava com moral. Não à toa: Benzema marcou seis gols nos últimos cinco jogos. Já o Eibar mantém o péssimo retrospecto como visitante, sem vencer os últimos 10 confrontos fora de casa.

*Com Estadão Conteúdo