Técnico da Alemanha afasta jogadores que foram titulares no ‘7 a 1’

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2019 13h42 - Atualizado em 05/03/2019 13h43
Reprodução / Twitter / DFB TeamLöw tenta renovar a seleção da Alemanha

O técnico da seleção da Alemanha, Joachim Löw, anunciou o afastamento de 3 jogadores, nesta terça-feira (5). Jérôme Boateng, Mats Hummels e Thomas Müller não serão mais convocados. Todos eles foram campeões do mundo em 2014 e jogaram como titulares na goleada por 7 a 1 sobre o Brasil, no Mineirão.

“O ano de 2019 é um novo começo para o futebol alemão. Para mim era importante comunicar pessoalmente ao Bayern de Munique (clube que os três defendem) e aos jogadores os meus planos e as minhas ideias”, disse Löw, durante uma visita a Munique, onde se reuniu com os jogadores. O treinador também agradeceu a Müller, Boateng e Hummels pelos “muitos anos bem-sucedidos e extraordinários”.

A primeira partida da Alemanha neste ano será um amistoso contra a Sérvia no dia 20 de março. O descarte dos três jogadores do Bayern é a decisão mais radical tomada por Löw até o momento no processo de renovação que anunciou depois do fracasso em 2018, quando a Alemanha foi eliminada na fase de grupos.

O presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Reinhard Grindel, reagiu à decisão de Löw dizendo que o começo das Eliminatórias para a Eurocopa é “o momento adequado” para fazer a renovação. Müller jogou 100 partidas pela seleção, Boateng fez 76 jogos e Hummels defendeu a Alemanha 70 vezes.

Com EFE