Técnico do Bayern diz que Philippe Coutinho pode ter nova chance como titular na Liga

Com excelente vantagem, o time alemão encara o Chelsea pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa

  • Por Jovem Pan
  • 07/08/2020 11h58
EFECoutinho é meia-atacante do Bayern de Munique

Com boa vantagem por ter vencido o jogo de ida por 3 a 0, ainda em fevereiro, na Inglaterra, o Bayern de Munique enfrenta o Chelsea, neste sábado, no Allianz Arena, em Munique, pela rodada de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Para esta partida, o time alemão pode ter uma novidade entre os titulares: o meia brasileiro Philippe Coutinho. Em entrevista coletiva por videoconferência nesta sexta-feira, o técnico Hansi Flick revelou que Coutinho tem boas chances de começar jogando por estar totalmente recuperado da recente lesão no tornozelo direito e por ter evoluído muito nas últimas semanas. “Ele está atualmente em ótima forma e trabalhou muito o aspecto físico. No início do retorno pós-lesão ele ainda não estava tão bem, mas agora a realidade é diferente. Gosto muito dele como jogador de futebol, mas também como pessoa. Por isso fico muito feliz ao ver que agora ele está bem para atuar no mais alto nível”, afirmou Flick.

O brasileiro pode ficar com a vaga deixada em aberto na equipe com a saída do francês Kingsley Coman, ainda com problemas musculares e descartado contra o Chelsea. A disputa de Coutinho é com o meia-atacante croata Ivan Perisic, considerado pelo técnico como a opção mais ofensiva. “O Philippe é um jogador que pode dar posse de bola ao time, as qualidades dele são únicas. E o Perisic tem um pouco mais de ‘momentum’ no ataque. É assim que os diferencio. Mas o Coutinho é sempre perigoso porque pode dar um passe decisivo”, disse.

Nesta temporada, o meia brasileiro disputou 34 jogos pelo Bayern de Munique, sendo titular em 22 e reserva em 12, marcou nove gols e deu oito assistências. Ele passou por uma cirurgia no tornozelo direito no dia 24 de abril e voltou aos treinos em 19 de maio, ainda de maneira gradativa. Coutinho conseguiu se recuperar a tempo de disputar, saindo do banco de reservas, os dois últimos jogos do time – contra o Wolfsburg, pelo Campeonato Alemão, e contra o Bayer Leverkusen, pela final da Copa da Alemanha.

*Com Estadão Conteúdo