Técnico do PSG critica agressão e declaração polêmica de Neymar

  • Por Jovem Pan
  • 29/04/2019 11h38
PSG/ Divulgação Thomas Tuchel

Técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel deu entrevista coletiva nesta segunda-feira (29) e criticou as atitudes que Neymar tomou no último sábado (27), após derrota na final da Copa da França. O alemão entende que o brasileiro errou ao agredir um torcedor e criticar os próprios companheiros de equipe publicamente.

Tuchel reprovou completamente a agressão: “eu não gostei, não gostei mesmo. Não é possível que aconteça isso. Não é fácil subir depois de uma derrota, mas temos que aceitar e mostrar respeito. Isso não é possível”.

Neymar estava subindo as arquibancadas para receber a premiação de vice-campeão quando foi provocado e respondeu com violência. No dia seguinte ele tentou justificar o ato com um comentário simples no Instagram: “tô errado? Estou. Mas não tenho sangue de barata”.

O técnico do PSG também falou sobre as declarações polêmicas de Neymar, em que criticou jovens jogadores do PSG, sem dar nomes. Ele chegou a dizer que alguns atletas não estavam ouvindo o treinador no vestiário.

Tuchel amenizou a polêmica, disse que não há conflito entre Neymar e Mbappé, mas deixou claro que não gostou do que o brasileiro fez: “eu sei o que ele estava tentando dizer, mas não é algo para ser debatido em uma entrevista. É algo para ser discutido internamente. O que eu diria é que há alguns jogadores que amam ganhar e outros que odeiam perder. Eu prefiro dizer a cada um no vestiário, em vez de pela imprensa. É necessário ter ordem para crescer. Não há problema entre Neymar e Mbappé”.