Atacante pede desculpas por perder pênalti que tirou time boliviano da Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 13/02/2020 18h34 - Atualizado em 13/02/2020 18h35
EFE/Nicolás NuñezRolando Blackburn perdeu pênalti na eliminação do The Strongest da Libertadores

O atacante panamenho Rolando Blackburn pediu desculpas, nesta quinta-feira (13), aos torcedores do The Strongest pelo pênalti perdido ontem (12) no duelo com o Atlético Tucumán, da Argentina, pela segunda fase preliminar da Copa Libertadores. O erro de Blackburn eliminou a equipe boliviana da competição.

“Sinto uma dor muito grande por ter falhado com o clube de que sou torcedor e faço parte, por ter falhado com milhões de torcedores e famílias, inclusive, a minha”, escreveu o jogador no Twitter.

No Estádio Monumental José Fierro, na Argentina, o Atlético Tucumán fez 2 a 0 no The Strongest. Como os bolivianos haviam vencido o primeiro jogo, em La Paz, pelo mesmo resultado, a disputa foi para os pênaltis.

Após o time boliviano acertar as quatro primeiras cobranças, e a equipe argentina converter três e errar uma, Blackburn foi para a bola vagarosamente e bateu colocado no canto esquerdo do goleiro Cristian Lucchetti, que não teve dificuldades para defender.

Depois disso, o Tucumán marcou duas vezes, com José Luis Fernández e Marcelo Ortiz. Gonzalo Castillo converteu para o The Strongest, mas Saúl Torres desperdiçou a cobrança e os argentinos venceram por 6 a 5, avançando à última fase antes da formação dos grupos.

Nas redes sociais e na imprensa não faltaram críticas para o atacante panamenho, que virou meme e estampou capas de jornal. O jogador é considerado culpado por fazer o The Strongest perder US$ 550 mil (R$ 2,38 milhões) pela participação na fase seguinte.

*Com EFE