Tuchel reafirma desejo em contar com Cavani, mas não descarta transferência

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2020 15h16
Caroline Blumberg/EFECavani e Mbappé celebram título pelo PSG

O técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, afirmou nesta terça-feira (21) que gostaria de continuar contando com o atacante Edinson Cavani, mas não descartou a saída do jogador uruguaio, que interessa ao Atlético de Madri e ao Chelsea, entre outros.

Perguntado em entrevista coletiva se ele consideraria buscar um substituto caso o atacante uruguaio deixe o PSG, Tuchel afirmou que está satisfeito com o grupo de jogadores que tem.

“Não queremos perder jogador algum, mas pode acontecer, essa é a realidade. Talvez nada aconteça, mas se as coisas mudarem a gente vai ter que se adaptar”, declarou o treinador.

Cavani está fora do jogo contra o Stade Reims, nesta quarta-feira, pela Copa da Liga francesa. O motivo oficial anunciado pelo clube parisiense é um problema no púbis.

“Não é uma situação fácil para ele, eu posso entender isso e estou feliz por ele continuar positivo, profissional. Se houver uma lesão, temos um substituto excelente”, comentou o técnico alemão.

Tuchel reconheceu que a situação pode afetar a confiança tanto do jogador quanto do time e disse que ainda serão necessários alguns dias para que a situação seja esclarecida. Por fim, alertou que, se continuar no PSG, Cavani precisará lutar para recuperar espaço no time.

Maior artilheiro da história da equipe parisiense, ‘El Matador’ tem contrato apenas até o dia 30 de junho deste ano. Dessa forma, já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube para a próxima temporada – se quiser sair ainda na atual janela, em janeiro, será necessário negociar com os dirigentes do PSG.

*Com, informações da EFE