Uefa confirma manutenção das 12 sedes da Eurocopa adiada para 2021

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2020 13h46
Divulgação UEFATroféu da Eurocopa 2020

O Comitê Executivo da Uefa confirmou nesta quarta-feira (17) a manutenção das 12 sedes originais da próxima edição da Eurocopa, que deveria acontecer neste ano, mas foi adiada para 2021 devido a pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

Foram definidas também as datas da competição, que será disputada entre 11 de junho e 11 de julho, além da disputa da repescagem, que envolve 16 seleções, que buscam as últimas quatro vagas no torneio continental de seleções.

Assim, Londres, que receberá a final, Amsterdã, Baku, Bilbao, Bucareste, Budapeste, Copenhague, Dublin, Glasgow, Munique, Roma e São Petersburgo seguirão sendo as sedes da competição, que será aberta com confronto entre Turquia e Itália, pelo grupo A, no Estádio Olímpico da capital italiana.

A Uefa adiantou que todos os ingressos comprados para 2020, valerão para o próximo ano. Quem desejar devolver as entradas e ser reembolsado, deverá fazer entre amanhã e 25 de junho, através do site “euro2020.com/tickets”.

A repescagem, que tem participantes definidos a partir do desempenho da Liga das Nações, acontecerá em duas datas, com 8 de outubro a disputa das semifinais de grupo, e em 12 de novembro os quatro jogos que definirão os últimos classificados.

A Uefa ainda divulgou que as datas reservadas para as seleções nacionais, nos meses de outubro e novembro desse ano, terão três partidas para cada equipe nacional, ao invés de duas, o que permitirá a reposição das rodadas adiadas pelas Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo.

*Com EFE