VAR anula gol do City nos acréscimos e Tottenham se classifica; Liverpool avança com goleada

  • Por Jovem Pan
  • 17/04/2019 18h00
Divulgação UEFALlorente comemora o gol que garantiu a classificação do Tottenham diante do Manchester City

Se na Inglaterra sobrou emoção, com o Tottenham confirmando a sua classificação para as semifinais da Liga dos Campeões nos acréscimos após o Manchester City ter um gol anulado com a ajuda do árbitro de vídeo, em Portugal o Liverpool apenas confirmou o seu favoritismo e goleou o Porto, avançando para a próxima fase.

Com os resultados desta quarta-feira (17), os confrontos das semifinais da competição continental de clubes estão definidos: o Tottenham vai encarar o Ajax, que nesta terça surpreendeu a Juventus de Cristiano Ronaldo, na Itália, enquanto o Liverpool vai enfrentar o Barcelona de Lionel Messi, que deixou o Manchester United para trás.

Duelo eletrizante

Após vitória do Tottenham por 1 a 0 na ida, o Manchester City iniciou o confronto de volta, no Etihad Stadium, pressionando o adversário. E logo aos três minutos, o time de Pep Guardiola abriu o placar com Sterling. No entanto, o sul-coreano Son aproveitou as falhas de Laporte e atrapalhou a festa do Citizens anotando dois gols, aos sete e aos 10.

Com este placar, o Manchester City precisava de três gols para seguir na Liga dos Campeões. E o primeiro deles foi anotado logo na sequência, aos 11, pelo português Bernardo Silva, que bateu e contou com desvio em Rose para superar Lloris. Dez minutos depois, Sterling voltou a balançar a rede e colocou os donos da casa à frente do placar, após passe de De Bruyne.

Assim como aconteceu na primeira etapa, o segundo tempo começou acelerado, mas sem que a rede balançasse tão rápido. Aos 12, Ederson brilhou ao espalmou uma cabeçada de Llorente. No lance seguinte, a bola já estava no outro lado do campo, com o City transformando a pressão em gol, com Agüero, após mais uma assistência de De Bruyne.

O Tottenham parecia batido, sem forças para uma reação, mas Llorente ganhou da zaga pelo alto, aos 28, e marcou. O árbitro turco Cüneyt Çakir teve que recorrer ao auxílio do VAR, para avaliar um possível toque de mão do atacante espanhol, e acabou validando o lance.

Gol de Llorente garantiu a classificação do Tottenham diante do Manchester City

Apesar da dificuldade imposta pelo adversário, o City não desistiu e conseguiu balançar a rede aos 49, no que seria o terceiro gol de Sterling. Porém, o VAR entrou em ação novamente e foi verificada irregularidade de Agüero, impedido, anulando o lance e acabando com a euforia que tomou conta do Etihad Stadium. Festa somente dos torcedores e jogadores do Tottenham.

Favoritismo confirmado

Depois de ter vencido o Porto em casa, por 2 a 0, o Liverpool foi a Portugal e triunfou novamente. Dessa vez o time de Jürgen Klopp bateu o adversário por 4 a 1. Apesar do placar, quem começou melhor na partida desta quarta foram os donos da casa, indo para cima dos ingleses com esforço dos atacantes Corona e Marega, mas não o suficiente para incomodar Alisson.

Aos 26, Mané entrou em ação e abriu o placar para o Liverpool – no gol, o auxiliar chegou a marcar impedimento, mas o VAR validou o lance. O panorama da partida continuou o mesmo, com o Porto pressionando e o visitantes concentrado nos contra-ataques. E foi desta maneira que chegaram ao segundo gol, aos 20 da etapa final, com Salah.

Dois minutos depois, Militão, de cabeça, após escanteio, diminuiu para o Porto, mas a reação dos donos da casa parou por aí. Com espaço no campo de ataque, o Liverpool ampliou com o brasileiro Roberto Firmino. O quarto gol foi anotado pelo zagueiro Van Dijk, após cobrança de escanteio.

Roberto Firmino comemora o gol marcado na vitória do Liverpool sobre o Porto