Verón diz que gostaria de presidir AFA e vê Simeone como técnico da Argentina

  • Por Jovem Pan
  • 23/04/2020 08h58 - Atualizado em 23/04/2020 08h59
Reprodução/InstagramVerón quer presidir a Associação Argentina de Futebol (AFA)

Ex-jogador e atual presidente do Estudiantes, Juan Sebastián Verón disse que gostaria de chegar ao comando da Associação Argentina de Futebol (AFA) e que está convencido de que em algum momento o técnico Diego Simeone, atualmente no Atlético de Madrid, dirigirá a bicampeã mundial.

O ex-jogador de Estudiantes, Boca Juniors, Parma, Lazio, Manchester United, Chelsea e Inter de Milão, entre outras equipes, disse ao canal “Fox Sports”, da Argentina, que pretende a federação para contribuir para a modernização do futebol local.

“Em algum momento, eu realmente gostaria (de presidir a AFA). Hoje, existe uma questão educacional, nutricional a ser levada a todos os lugares, que é importante e ajuda o esportista ou a esportista. O lado político das coisas é importante, assim como o seu lugar nele”, declarou ‘La Brujita’ à emissora.

Sobre Simeone, com quem foi campeão italiano e da Copa da Itália pela Lazio, Verón afirmou que o vê como técnico da ‘Albiceleste’ no futuro. Nos últimos anos, com várias trocas no cargo, o nome do treinador do Atlético sempre foi especulado, mas nunca passou disso.

“Para mim, ele é um dos técnicos que está na melhor continuidade da Europa hoje em dia”, opinou o ex-meia, que, sob o comando de Simeone, foi campeão argentino em 2006.

EFE

Diego Simeone jogou no Atlético e se tornou treinador no fim de 2011

‘La Brujita’ falou também sobre os confrontos públicos que teve com Diego Maradona, atual técnico do rival Gimnasia La Plata, e garantiu que os dois não estão brigados.

“O tempo cura todas as feridas. O que ele diz sobre mim não vai mudar nada sobre como me sinto e o que ele me deu como jogador. Tive a sorte de compartilharmos um time e foi o melhor. Haverá uma reunião, temos de encontrar tempo”, disse.

Verón e Maradona foram colegas de equipe no Boca Juniors em 1996. Em 2010, o agora dirigente foi comandado por ‘El Pibe’ na Copa do Mundo da África do Sul.

*Com EFE