Vinícius Jr. diz que ouve Marcelo e sente ‘conexão especial’ com Benzema

  • Por Jovem Pan
  • 05/11/2019 09h45
EFEVinícius Jr. disse que sente "conexão especial" com Benzema

O atacante Vinícius Júnior, do Real Madrid, declarou nesta segunda-feira no programa “Campo de estrelas”, do canal de televisão do próprio clube, que costuma escutar conselhos do lateral-esquerdo Marcelo e sente “uma conexão especial” com o centroavante francês Karim Benzema.

“Marcelo sempre me aconselha sobre o que devo fazer dentro e fora de campo. Ele brinca muito comigo e tudo fica bem ao lado dele. Com Karim (Benzema), sinto que tenho uma conexão especial e aprendo com ele. Ele fala comigo antes das partidas e me diz o que tenho que fazer para a equipe”, explicou.

Ao recordar o momento em que foi contratado pelo Real Madrid, após se destacar nas categorias de base do Flamengo, a jovem promessa revelou que não conseguia acreditar.

“Pensei que não era verdade. Os jornais falavam, mas eu não sabia nada. Quando veio a proposta do Real Madrid, eu precisava escolher em dois dias. Meu pai me disse para decidir com o coração. No Brasil não há nada parecido com Madri: a cidade, o Santiago Bernabéu, os jogadores…”, comentou.

“No dia da minha apresentação, eu estava um pouco nervoso porque tinha que falar em espanhol, e ainda não tinha estudado. Ronaldo veio a Madri só para estar comigo na minha apresentação no Santiago Bernabéu. Ele é uma lenda do futebol, e aquele foi um dos dias mais felizes da minha vida”, ressaltou.

Ao falar sobre o início da carreira, Vinícius Jr. contou que tudo o que faz em campo foi aprendido no futsal.

“Desde pequeno, queria aprender e evoluir, sempre. Estreei com 16 anos no Flamengo, foi muito importante esse momento. Devo tudo à minha família”, analisou.

O pior momento lembrado pelo brasileiro foi a ruptura no tornozelo direito, lesão sofrida na derrota por 4 a 1 para o Ajax, que marcou a eliminação do Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

“Foi um dia muito triste. Estava jogando muito bem, me lesionei e ainda perdemos. Foi um dia muito difícil para mim, para a minha família e a equipe. Não podia ajudar naquele momento. Agora, estou trabalhando com o técnico (Zinedine Zidane), que me sugeriu tranquilidade porque as coisas vão acontecer”, relatou.

*Com informações da EFE