Vinicius Júnior vai bem, e Real Madrid vence na estreia de Hazard

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2019 13h56
Emílio Naranjo/EFEVinicius Júnior deu uma assistência e criou diversas chances de gol na vitória do Real Madrid sobre o Levante

O Real Madrid foi exigido, sofreu, mas se recuperou no Campeonato Espanhol neste sábado. Depois de dois empates seguidos, o time madrilenho contou com um primeiro tempo arrasador para derrotar o Levante por 3 a 2 em casa, no Santiago Bernabéu, no jogo que marcou a estreia oficial do belga Eden Hazard. O brasileiro Vinicius Júnior foi titular e jogou bem, dando uma assistência para o gol de Casemiro e criando diversas oportunidades.

Com o resultado, o Real Madrid chegou aos oito pontos e se manteve invicto na competição nacional e na segunda posição, ao menos momentaneamente, já que ainda há oito jogos válidos pela quarta rodada. O Levante é o quinto, com seis pontos.

Além disso, o triunfo que interrompe dois jogos sem vitória pode ser importante para dar confiança para a estreia na Liga dos Campeões diante do Paris Saint-Germain. O duelo será na próxima quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), na casa do rival, o Estádio Parque dos Príncipes, em Paris.

A partida reuniu uma série de atrativos. Além da presença de Hazard, que se recuperou de lesão e estreou em jogos oficiais pelo novo time ao entrar no segundo tempo, também chamaram a atenção as atuações de Benzema e dos brasileiros Casemiro e Vinicius Junior.

Benzema balançou as redes duas vezes. O atacante francês abriu o placar aos 24 minutos, após cruzamento preciso de Carvajal e ampliou seis minutos depois, concluindo bonita trama com o colombiano James Rodríguez, escalado como titular em razão das ausências de Bale e Modric, machucados.

Aos 40, Benzema iniciou o contra-ataque e lançou Vinicius Junior O brasileiro foi ao fundo e cruzou na medida para Casemiro empurrar para o gol e anotar o terceiro, dando ideia de que poderia vir uma goleada. Ela não veio, já que o Real Madrid diminuir o ritmo na segunda etapa e quase levou o empate.

O Levante diminuiu o placar no início da etapa final e mudou o panorama da partida. O atacante Borja Mayoral, que, ironicamente, pertence à equipe de Madri, descontou. Pouco depois de sofrer o gol, Zidane sacou Casemiro, que tinha cartão amarelo, e promoveu a estreia de Hazard, mantendo uma formação extremamente ofensiva em campo, com quatro atacantes.

A estratégia não foi das melhores, já que deixou o Real exposto. Com mais espaço para jogar, os visitantes fizeram mais um gol com Melero, aos 30 minutos, e se empolgaram.

No entanto, a equipe madrilenha segurou o ímpeto dos visitantes e segurou a vantagem, que poderia ser maior caso Vinicius Junior não tivesse perdido chances importantes. O brasileiro até chegou a marcar, mas o gol foi invalidado com o auxílio do árbitro de vídeo. Eder Militão também esteve em campo no segundo tempo e Rodrygo permaneceu no banco.

* Com informações do Estadão Conteúdo