Virada da Udinese adia festa da Juventus no Campeonato Italiano

A três rodadas do fim da competição, time de Turim está seis pontos à frente do 2º colocado

  • Por Jovem Pan
  • 23/07/2020 17h44
EFE/EPA/GABRIELE MENISDybala lamenta placar contra Udinese

Ainda não foi desta vez que os torcedores da Juventus puderam soltar o grito de “é campeão”. Nesta quinta-feira, o time de Cristiano Ronaldo e companhia saiu na frente da Udinese, mas tomou a virada por 2 a 1, em Údine, no duelo válido pela 35ª todada do Campeonato Italiano.

A três rodadas do fim do torneio, a equipe soma 80 pontos contra 74 do segundo colocado, o Atalanta, e 73 da Internazionale. A nona taça consecutiva poderá ser levantada em casa, no próximo domingo, em casa, contra o Sampdoria. Nesta sexta, o Atalanta enfrenta o Milan, em Milão, e a Inter visita o Genoa no próximo sábado.

O primeiro tempo em Údine foi equilibrada. Bem fechada, a Udinese levou perigo quando subiu ao ataque. O meia Sema chegou a assustar o time de Turim com um chute de fora da área e um cruzamento. Para cortar, Danilo quase atentou contra o próprio patrimônio.

Muito marcado, Cristiano Ronaldo optou pelos chutes de longa distância, sem sucesso. Em contrapartida, De Ligt conseguiu abrir o placar aos 41 minutos, após pegar um rebote da zaga e acertar um belo chute rasteiro de fora da área. Musso se esticou, mas não conseguiu fazer a defesa.

A Udinese, que luta contra o rebaixamento, reagiu no segundo tempo. Aos seis, Sema cruzou e Nestorovski subiu sozinho para cabecear: 1 a 1. Enquanto o time tentava manter o ponto ganho com o empate, a Juve se empenhava em buscar a vitória – foram 13 finalizações na partida, apenas seis corretas.

O entusiasmo acabou criando um buraco no setor defensivo. Fofana se aproveitou da fragilidade e, aos 46 minutos, marcou o segundo da Udinese em uma linda jogada individual, ao passar por De Ligt e Szczesny. O placar levou o time a 15ª colocação.

* Com Estadão Conteúdo