Zagueiro brasileiro foi dispensado do Lyon por soltar pum no vestiário, diz jornal

Procurado pela reportagem do Grupo Jovem Pan, o atleta revelado pelo Santos disse que as informações reveladas pelo L’Équipe ‘não procedem’

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2022 15h30
Frederic Chambert / Panoramic/Reuteurs Marcelo, zagueiro do Lyon, foi punido por mau comportamento Marcelo negou que tenha sido demitido pelo Lyon por ter soltado um pum no vestiário

Formado nas categorias de base do Santos, o zagueiro Marcelo foi demitido pelo Lyon, ainda no ano passado, por ter soltado um pum no vestiário após uma derrota do time – as informações foram reveladas nesta terça-feira, 10, pelo jornal “L’Équipe”. De acordo com o periódico, o brasileiro chegou a dar risada da situação com alguns colegas de time, o que deixou o diretor esportivo e compatriota Juninho Pernambucano completamente irritado. De imediato, Marcelo foi afastado das atividades pela diretoria clube, que alegou “comportamento inadequado” por parte do jogador. Já em janeiro deste ano, seu contrato, que era válido até junho de 2023, foi rescindido.

Procurado pela reportagem do Grupo Jovem Pan, Marcelo afirmou que a “informação não procede” e criticou os jornalistas do veículo de comunicação francês. Através das redes sociais, o zagueiro também se manifestou. “Graças ao L’Équipe, depois de muito tempo, tenho que voltar ao Twitter para negar todas as acusações. O jornalismo hoje em dia é uma piada!”, disparou o atleta de 34 anos, que veste as cores do Bordeaux, último colocado do Campeonato Francês e já rebaixado para a próxima temporada. Juninho Pernambucano, por sua vez, debochou da notícia. “Está vendo? Zagueiro tem que mandar peido alto, longo e fedido. O teu foi só alto. Aí tá fraco”, escreveu o dirigente e ex-jogador.