Gabriel Jesus admite fase irregular e diz que decepção pela Copa do Mundo passou

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2019 20h00 - Atualizado em 19/03/2019 20h02
Lucas Figueiredo/CBFGabriel Jesus treina com a Seleção Brasileira e deve ficar no banco no amistoso contra o Panamá

Titular na Copa do Mundo da Rússia, em 2018, Gabriel Jesus não marcou nenhum gol pela Seleção Brasileira e foi apontado por muitos como um dos jogadores de pior desempenho no mundial. O próprio atacante reconhece que não foi bem e revela que as críticas afetaram seu desempenho em campo no começo da temporada pelo Manchester City.

“Foi o momento mais difícil como jogador. Mas superei, trabalhei, conquistei o meu espaço de novo. Me abalou, mas foi só no começo da temporada”, afirmou Gabriel Jesus, em entrevista coletiva concedida na cidade do Porto, onde a Seleção Brasileira se prepara para enfrentar o Panamá neste sábado (23).

Embora Gabriel Jesus assegure que já superou o abalo emocional, ele perdeu espaço no Manchester City, tendo sido titular em apenas 18 dos 38 jogos que disputou. Um cenário que ele acredita ser provocado muito mais pelo desempenho brilhante do argentino Sergio Agüero, o maior artilheiro da história do clube inglês, do que por suas atuações.

“Hoje, não pesa, mas foi muito difícil para assimilar. Hoje, eu não vivo esse momento por má fase minha, mas pela grande fase do Agüero. No pós-Copa, eu pensava muito, foi difícil”, disse Gabriel Jesus, que deverá ser reserva na Seleção no amistoso contra o Panamá, de acordo com o que indicou Tite no treino desta terça.

Com informações de Agência Estado