Humorista faz piada com tragédia da Chapecoense e ataca Kéfera para se justificar

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2019 15h38
Rafael Souto / Jovem PanLéo Lins se apresenta como “rei do humor negro”

Léo Lins, humorista que trabalha no programa “The Noite”, do SBT, tem feito piadas com a tragédia que matou 71 pessoas em 2016, inclusive uma delegação com jogadores da Chapecoense. As “brincadeiras” revoltaram muitas pessoas e, para se justificar, ele atacou outras, como a atriz Kéfera.

As piadas foram divulgadas por Pedro Rocha, repórter da TV Globo que cobre a Chapecoense, nas redes sociais. Em um vídeo, Léo Lins aparece dizendo que “o pão que cai no chão é o pão na chape”. Em outro, cita mais uma tragédia, o assassinato brutal do jogador Daniel. O humorista afirma que ele morreu “comendo comida boa” (por ser acusado de tentativa de estupro), enquanto os jogadores da Chapecoense viraram “comida de avião”.

Pedro protestou no Instagram: “As 71 vítimas que se foram na maior tragédia aérea do esporte mundial não são piada. É história, é dor, é buraco no peito das famílias de uma cidade e de todo mundo que se comoveu com a tragédia, em novembro de 2016. Léo Lins, isso aqui é história, não é piada”.

Isso gerou uma onda de críticas a Léo Lins nas redes sociais, mas ele não se importou – até porque se apresenta como “rei do humor negro”. Em vez de se defender das críticas, ele preferiu atacar outras pessoas. Criticou o cantor Régis Palma e a atriz Kéfera por causa de publicações que fizeram na web.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Me ajudem ai nessa pessoal…

Uma publicação compartilhada por Léo Lins (@leolins) em