Inter vence com autoridade o Nacional e aguarda adversário nas quartas da Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2019 21h09
Divulgação/InternacionalInternacional

O Internacional venceu o Nacional por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (31), no Beira-Rio, e cravou a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores.

O Internacional amassou o Nacional durante todo o primeiro tempo da partida e não saiu vencendo por mais de 1 a 0 por um capricho do destino. O Colorado abriu o marcador já aos 16 minutos. Após cobrança de escanteio de D’Alessandro, Rodrigo Moledo subiu mais do que todo mundo e testou para o gol.

O Inter ainda teve outros dois gols anulados. Em ambas as vezes, Nico López estava em posição de impedimento por milímetros. O Nacional, que já havia perdido na partida de ida e precisava vencer fora de casa, pouco assuntou o gol de Marcelo Lomba.

O Inter voltou para o segundo tempo com um marcha mais lenta, porém, continuou com o domínio do jogo e as melhores chances. D’Alessandro e Paolo Guerrero eram os homens mais perigosos e controlavam o ataque colorado.

O Nacional era completamente dominado e não tinha nenhum poder de reação para levar perigo ao gol colorado. Com o placar garantindo a classificação com folga, o Inter deu uma segurada no ímpeto no segundo tempo. Já nos acréscimos, Paolo Guerrero marcou o segundo gol do colorado e cravou a vaga.

Com a classificação, o Internacional aguarda agora o classificado do confronto entre Flamengo x Emelec. No jogo de ida, os equatorianos venceram por 2 a 0. As equipes voltam a se enfrentar na noite desta quarta-feira (31), às 21h30.

Ficha técnica Internacional x Nacional

Internacional

Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Patrick, Edenílson, Rodrigo Lindoso (Nonato) e D’Alessandro (Wellington Silva); Nico López (Rafael Sobis) e Paolo Guerrero

Técnico: Odair Hellmann

Cartões Amarelos: Bruno e Nonato

Nacional

Mejía; Cotugno, Corujo, Felipe Carvalho e Viña; Rafael García, Gabriel Neves, Zunino (Sebastián Fernández), Lorenzetti (Barrientos) e Kevin Ramírez (Chory Castro); Bergessio

Técnico: Álvaro Gutiérrez

Cartões Amarelos: Corujo e Gabriel Neves

Total Total: 49.530

Renda: R$ 3.085.090