Jardine convoca seleção olímpica com Antony, Pedrinho e 14 ‘estrangeiros’

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2019 12h28
Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansPedrinho foi convocado para a seleção olímpica
O técnico André Jardine anunciou nesta sexta-feira a lista de convocados da seleção brasileira para amistosos contra Colômbia e Chile, que vão ser realizados nas Datas Fifa de setembro, nos dias 5 e 9, respectivamente, e convocou jogadores que vem se destacando em clubes do futebol nacional, como o meia corintiano Pedrinho e o atacante Antony, do São Paulo. Mas a maior parte dos nomes para os compromissos no Pacaembu está fora do País: 14 dos 23 jogadores chamados.

Como o calendário do futebol nacional não estará paralisado durante as Datas Fifa, os jogadores serão desfalque para seus clubes na 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, além de um compromisso entre Palmeiras e Fluminense, da 16ª jornaada, adiado para 10 de setembro.

Além de Pedrinho e Antony, outros jogadores que vem sendo utilizados com frequência por clubes brasileiros e foram convocados são o goleiro Cleiton e o lateral-direito Guga, do Atlético Mineiro, o meio-campista Allan, do Fluminense, e os atacantes Arthur Cabral, do Palmeiras, e Artur, do Bahia. O vascaíno Lucão e o são-paulino Walce completam a relação de jogadores que estão no Brasil.

Entre os jogadores convocados que estão no exterior, destaque para dois nomes que recentemente se transferiram para o exterior, casos do lateral-esquerdo Renan Lodi, hoje no Atlético de Madrid, e de Jean Lucas, do Lyon. Mas Rodrygo, que chegou ao Real Madrid, não foi chamado por ter se lesionado nesta semana.

Além da lista de convocados anunciada por Jardine, a CBF também comunicou que Branco será o coordenador do projeto olímpico em atuação conjunta a Juninho Paulista, o coordenador da seleções da entidade.

Na entrevista coletiva ao lado de Jardine, o ex-lateral-esquerdo explicou que há uma preocupação de integração com a seleção principal, que também foi convocada nesta sexta-feira, em uma lista na qual Tite incluiu nomes com idade olímpica, como o goleiro Ivan, da Ponte Preta, e o atacante Vinicius Junior.

“A grande preocupação envolve jogadores que estão em cima e têm idade olímpica. E a seleção olímpica é importante, mesmo os que estão sendo chamados pelo Tite. É uma lista momentânea, de repente na próxima pode ter uma surpresa, até que venha sendo chamado pelo Tite. O projeto olímpico é nossa prioridade, para formar um time forte”, disse Branco.

Os amistosos serão disputados no dia 5, contra a Colômbia, às 21h30, e no dia 9 diante do Chile, às 20 horas, ambos no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Os compromissos de outubro também acontecerão no Brasil, em data e contra adversários ainda a serem definidos.

Além disso, na preparação para o Pré-Olímpico, a seleção ainda disputará um torneio na Espanha, em novembro, que também envolverá as seleções da Argentina, do Chile e dos Estados Unidos. Já o Pré-Olímpico será em janeiro na Colômbia, dando duas vagas nos Jogos de Tóquio. O terceiro colocado disputará uma repescagem.

Com Jardine, a seleção olímpica disputou e venceu o Torneio Maurice Revallo, o antigo Torneio de Toulon, em junho, com Matheus Cunha, novamente chamado, sendo o artilheiro.

Confira a lista dos jogadores convocados para a seleção olímpica:

Goleiros: Cleiton (Atlético-MG), Daniel Fuzato (Roma) e Lucão (Vasco).

Defensores: Emerson (Betis), Guilherme Arana (Sevilla), Guga (Atlético-MG), Ibañez (Atalanta), Luiz Felipe (Lazio), Lyanco (Torino), Renan Lodi (Atlético de Madrid) e Walce (São Paulo).

Meio-campistas: Allan (Fluminense), Douglas Luiz (Aston Villa), Jean Lucas (Lyon), Mauro Júnior (Heracles Almelo), Pedrinho (Corinthians), Wendel (Sporting Lisboa).

Atacantes: Antony (São Paulo), Arthur Cabral (Palmeiras), Artur (Bahia), Bruno Tabata (Portimonense), Matheus Cunha (RB Leipzig) e Paulinho (Bayer Leverkusen).

* Com informações do Estadão Conteúdo