Jogador que perdeu pênalti da eliminação da Colômbia relata ameaças de morte

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2019 16h38 - Atualizado em 01/07/2019 16h41
Fernando Bizerra/EFEWilliam Tesillo

O zagueiro colombiano William Tesillo desperdiçou a última cobrança de pênalti na disputa que culminou com a eliminação de sua seleção para o Chile, na última sexta-feira (28). O jogador desde então vem sofrendo ameaças de morte, junto com sua família, segundo relatou ao jornal “El País”.

“Sim, isso aconteceu. Fizeram ameaça para minha esposa, e ela publicou. Para mim também, mas eu ainda não publiquei nada. Estamos com Deus”, afirmou ao El País.

Daniela Mejía, esposa do jogador, postou em seu Instagram uma das ameaças que sofreu após a cobrança desperdiçada pelo marido.

Andrés Escobar

O caso que o internauta relembrou é do ex-jogador Andrés Escobar, que foi assassinado na Colômbia após ter marcado um gol contra na eliminação de seu país por 2 x 1 para os Estados Unidos, na Copa do Mundo de 1994. A geração colombiana daquela Copa é considerada até hoje a melhor da história do país.

A Colômbia vive constantemente com ameaça a jogadores que por alguma razão tenham feito algo de errado com a camisa da seleção em torneios importantes.  Carlos Bacca e Mateus Uribe, por exemplo, também receberam ameaças de morte por terem perdido pênaltis na eliminação da Colômbia para a Inglaterra, na Copa de 2018.

Carlos Sánchez foi ameaçado também na mesma Copa do Mundo, por ter sido expulso aos 3 minutos de jogo na derrota colombiana por 2 x 1 para o Japão.