José Manoel: o provável calendário da volta do futebol na América do Sul

Datas foram escolhidas pelas confederações; ainda não há aval definitivo dos governos

  • Por José Manoel
  • 03/07/2020 17h13
Reprodução Boca Junior, campeão do Campeonato Argentino

Desde que a Conmebol sinalizou a retomada da Copa Libertadores para setembro, as confederações nacionais começaram a estabelecer metas para reinício dos seus campeonatos – lembrando que a FIFA também confirmou para setembro o início das eliminatórias para a Copa de 2022.

O Paraguai largou na frente e vai rolar a bola no dia 17 deste mês. No Uruguai, o governo autorizou a volta do futebol para o dia 15 de agosto, mas os clubes ainda tentam antecipar para o dia 1º.

Agosto também poderá marcar a volta dos campeonatos no Peru (7), no Brasil (8) e no Chile, onde a Associação de Nacional de Futebol Profissional escolheu o dia 31 de julho, mas dificuldades na região de Santiago podem levar ao adiamento para o dia 14.

Que fique claro: são datas escolhidas pelas confederações, muitas vezes sem aval definitivo dos governos, ou seja, nada garantido, sem falar dos países que ainda trabalham para voltar aos treinos, como Colômbia e Bolívia. Na Venezuela, os clubes já estão voltando aos treinamentos.

A Argentina encerrou seu campeonato no inicio da pandemia, mas ainda tem a Supercopa e a Copa Argentina. Os clubes, claro, aguardam liberação para preparação visando Libertadores e Copa Sul-americana.

Que essas metas sejam dentro da realidade, voltando onde for possível voltar, respeitando os protocolos que os próprios dirigentes apresentaram.