Machucado? Se jogar mais uma vez, contrato de Thiago Neves com o Cruzeiro é renovado automaticamente

  • Por Jovem Pan
  • 02/12/2019 09h18
Vinnicius Silva/CruzeiroThiago Neves

Thiago Neves não viajou com o restante do elenco do Cruzeiro para o Rio de Janeiro, onde a Raposa enfrenta o Vasco nesta segunda-feira (2), às 20h, pela 36ª rodada, na luta desesperada para fugir do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. A informação oficial dada pela clube foi que o meia teve um edema detectado na coxa esquerda. Porém, um detalhe chama a atenção no contrato do jogador.

No início de 2019, depois de muita especulação, Thiago Neves renovou contrato com o Cruzeiro até o fim de 2020. Uma das cláusulas do vínculo diz que se o meia jogar 42 partidas na atual temporada, o contrato é renovado automaticamente por mais um ano, até o fim de 2021.

A partida contra o CSA, quando o Cruzeiro perdeu no Mineirão por 1 a 0 e se afundou ainda mais na zona de rebaixamento, foi o 41º jogo de Thiago Neves no ano. Inclusive, nesse confronto, o meia perdeu um pênalti que poderia dar um pontinho a mais para a Raposa na luta contra o rebaixamento.

Ou seja, se entrasse em campo contra o Vasco, Thiago Neves ganharia automaticamente mais um ano de contrato com o Cruzeiro. A Raposa ainda enfrenta o Grêmio, quarta-feira, às 19h15, fora de casa, e o Palmeiras, domingo, às 16h, no Mineirão.

Mesmo sem atuar contra o Vasco, Thiago ainda teria duas partidas para jogar e ter o vínculo renovado. Porém, especula-se que nem o jogador, nem o clube têm interesse na permanência para a próxima temporada, ainda mais com uma eventual queda para a Série B. Resta aguardar para saber se o camisa 10 ainda jogará pelo Cruzeiro.