Marquinhos minimiza seleção desfalcando clubes: ‘Temos que pensar em todos os lados’

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2019 11h22
Divulgação/PSGMarquinhos é zagueiro da seleção brasileira e do PSG

Convocado para defender o Brasil nos amistosos contra Senegal e Nigéria, Marquinhos concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (7), em Singapura, e tocou em um tema polêmico. O zagueiro minimizou os desfalques de jogadores em clubes brasileiros devido aos jogos da seleção, e afirmou que é sempre uma honra representar a nação.

“Também temos que pensar em todos os lados, não só dos torcedores, dos treinadores, mas também pensar no lado da Seleção, no lado do Tite. Como é que ele vai organizar, testar os jogadores que tem que testar? Toda convocação é difícil para ele, tem que pensar nos jogadores que quer convocar, mas não pode. Está tendo que limitar as convocações de jogadores do Brasil. É muito difícil para o treinador da Seleção”, disse o atleta do Paris Saint-Germain.

Na visão de Marquinhos, o calendário do futebol brasileiro não deve ser um empecilho para o jogador não ser convocado. Ele embasa sua opinião ressaltando a importância de jogar uma partida pela seleção brasileira.

“Querendo ou não, é a Seleção. Se você perguntar para todos os jogadores do Brasil que poderiam estar aqui e não estão, eles gostariam de estar aqui. Para nós, é uma honra muito grande estar aqui, a gente luta desde pequeno para estar aqui. E simplesmente por uma questão de calendário, por muito pouco, não pode estar aqui é lamentável. Então a gente torce para resolver o mais rápido possível essa questão, para que todos possam trabalhar com calma, paz e tranquilidade”, comentou.

A seleção enfrenta Senegal na próxima quinta-feira (10). No domingo (13), o embate será contra a Nigéria.