Massagista do Flamengo há 40 anos, Jorginho morre em decorrência da covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2020 16h56 - Atualizado em 04/05/2020 16h59
Alexandre Vidal/FlamengoMassagista do Flamengo há 40 anos, Jorginho morre em decorrência da covid-19

Jorge Luiz Domingos, de 68 anos, o Jorginho, massagista que trabalhava no Flamengo há 40 anos, faleceu nesta segunda-feira, 4, vítima do novo coronavírus, aos 68 anos.

Funcionário mais antigo em atividade no clube, Jorginho estava internado em um hospital na Ilha do Governador, no Rio. Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e estava com sintomas da covid-19. O resultado dos seu teste ainda não foi divulgado. Por conta da paralisação das atividades no clube, ele estava de férias.

Segundo O Globo, o Flamengo disse estar dando todo o suporte necessário à família do ex-funcionário, que acompanhou toda a história do clube nas últimas décadas – do título mundial em 1981, ao da Libertadores, em 2019.