Megan Rapinoe é eleita melhor jogadora do mundo; Marta entra na seleção da Fifa

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2019 17h05 - Atualizado em 23/09/2019 18h04
Ian Langsdon/EFEMegan Rapinoe foi a estrela dos Estados Unidos na Copa do Mundo

A estadunidense Megan Rapinoe foi eleita a melhor jogadora do planeta, nesta segunda-feira (23), na cerimônia Fifa The Best 2019, realizada em Milão (Itália). Craque da Copa do Mundo, ela bateu a compatriota Alex Morgan e a inglesa Lucy Bronze.

Megan Rapinoe foi escolhida a melhor jogadora do Mundial, realizado na França e vencido pelos Estados Unidos, na metade deste ano. Com seis gols, ela também recebeu a Chuteira de Ouro, consagrando-se como a goleadora do torneio.

Engajada, Rapinoe chamou a atenção também fora de campo ao pedir por igualdade salarial e ser contra as ações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

No evento, a Fifa aproveitou para divulgar as 11 jogadoras que formam a seleção do ano. A craque Marta, da seleção brasileira e do Orlando Pride, foi a única brasileira selecionada.

Sari van Veenendaal, detentora da Luva de Ouro na última Copa, também foi premiada como melhor goleira. Já no banco de reservas, Jill Ellis foi eleita a melhor treinadora após levar os EUA ao tetracampeonato.

Melhor do mundo: Megan Rapinoe

Seleção do ano: Sari van Veendaal (Holanda), Lucy Bronze (Inglaterra), Nilla Fischer (Suécia), Kelly O’Hara (EUA) e Wendie Renard (França); Julie Ertz (EUA), Amandine Henry (França) e Rose Lavelle (EUA); Alex Morgan (EUA), Megan Rapinoe (EUA) e Marta (Brasil).

Melhor goleira: Sari van Veenendaal (Holanda)

Melhor treinadora: Jill Ellis (EUA)