Mercado da bola: conheça 10 destaques da Série B que podem reforçar os grandes em 2018

  • Por Carlos Manoel/Jovem Pan
  • 12/11/2017 10h00 - Atualizado em 17/11/2017 18h15
Montagem / DivulgaçãoArtur, Carlos Eduardo, Mazinho, Renatinho e Matheusinho são alguns dos destaques da Série B deste ano

A temporada 2017 está chegando ao fim, com o Corinthians bem próximo do título, Santos e Palmeiras tentando se garantir no G4, e o São Paulo sonhando com a Libertadores. Apesar da situação dos times não estarem definidas (ainda), as especulações em torno das contratações de reforços para o próximo ano já começaram.

E nada melhor do que investir no bom e barato. Mas aonde? Em quem? Como aconteceu nas últimas temporadas, a solução para os times grandes pode estar na Série B do Brasileiro, que também está em sua reta final. Sim, a Segundona deste ano conta com muitos jogadores de qualidade, com potencial para brilharem na elite do futebol nacional.

O garimpo pela Série B costuma render bons reforços para os grandes, como Felipe, Rodriguinho, Luciano e Lucca, no Corinthians, Jaílson, Vitor Hugo, Thiago Santos e Róger Guedes, no Palmeiras, e Júnior Tavares, no São Paulo. A Jovem Pan apresenta uma seleção de 10 jogadores, além do Internacional, que se destacaram na Segundona e que podem despontar na elite em 2018:

Artur (Londrina)

Com apenas 19 anos, Artur é um das revelações da Série B. Tem sete gols marcados e 11 assistências. Rápido e habilidoso, o atacante tenta levar o Londrina a elite do futebol brasileiro. A equipe paranaense tem o melhor ataque da competição, com 52 gols marcados. O jovem pertence ao Palmeiras e está emprestado ao Tubarão. É provável que volte ao clube paulista no fim do ano.

Matheusinho (América-MG)

Durante a semana, a revista inglesa Four Four Two publicou uma lista dos 100 melhores jogadores sub-20 do mundo e o meia do América-MG foi eleito o 14º, ficando à frente de jogadores como Vinícius Júnior, do Flamengo. Habilidoso, o baixinho de 1,64 metros tem contrato com o América-MG até 2021. Na Série B deste ano marcou dois gols e deu três assistências.

Carlos Eduardo (Goiás)

Com 21 anos, Carlos Eduardo vem chamando a atenção no Goiás desde a temporada passada e chegou a ser especulado em clubes grandes, como São Paulo e Palmeiras ao longo deste ano. No entanto, na Série B de 2017, o atacante anotou 10 gols e se tornou uma das armas do clube na luta contra o rebaixamento para a Série C. É rápido e tem bom drible.

Rafinha (Brasil de Pelotas)

Revelado na base do São Paulo junto com Lucas, Rafinha rodou o país até chegar ao Xavante. Rápido e habilidoso, o meia se tornou um dos destaques do time gaúcho e vem conduzindo a equipe na Série B – marcou oito gols e deu duas assistências. Está emprestado ao Brasil de Pelotas até o fim da Série B e tem contrato com o Atlético-PR até junho de 2018.

Renatinho (Paraná)

Um dos gols mais bonitos da Série B deste ano foi marcado por Renatinho, na vitória do Paraná sobre o Londrina, por 2 a 1. E gols não faltaram ao meia durante a competição. Em 30 jogos disputados até o momento, o jogador de 25 anos balançou as redes por nove vezes, além de dar sete assistências. Seu contrato com o Paraná vai até dezembro.

Mazinho (Oeste)

Revelado pelo Oeste 2009, Mazinho, ficou conhecido como “Messi Black”. Em 2012 chegou ao Palmeiras, mas nunca conseguiu se firmar. Emprestado para diversos clubes, o meia-atacante acabou voltando para o ex-time de Itápolis e atualmente de Barueri. E vem fazendo bonito: é o artilheiro da série B com 16 gols e se tornou um dos destaques do time na reta final do campeonato.

Messias (América-MG)

O zagueiro é uma das principais peças do setor defensivo do América-MG, a menos vazada da Série B com apenas 24 gols sofridos. Revelado pelo Coelho, Messias vem sendo assediado por grandes clubes ao longo da temporada. Seu contrato com o time mineiro vai até o fim de 2018 e segundo a imprensa local, a cláusula de liberação está avaliada em 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões).

Romário (Ceará)

Formado no Audax, Romário é um dos destaques da Série B de 2016. Sim, no último ano o lateral brilhou com a camisa do Atlético-GO, mas em vez de seguir com o time goiano para a elite este ano, acertou com o Ceará e não decepcionou. O camisa 6 tem como característica a marcação, mas sobe com eficiência ao ataque – ao todo foram seis assistências na Série B deste ano.

Iago Maidana (Paraná)

Com 1,94 metros, o zagueiro vai bem atrás e também na frente. É uma das armas ofensivas do Paraná na Série B. Em 21 jogos disputados, já anotou cinco gols. Iago Maidana, que ficou conhecido pela polêmica negociação com o São Paulo, tem o passe vinculado ao Tricolor e está emprestado até o fim do ano. A expectativa é que ele volte na próxima temporada.

Lucão (Criciúma)

Com 26 anos e 1,86 metros, Lucão é um jogador rodado. Passou pelo futebol português, espanhol (Atlético de Madrid) e até da Moldávia, antes de vestir a camisa do Criciúma. E o atacante vem se destacando em Santa Catarina. Em 24 jogos disputados, anotou 10 gols, inclusive um de bicicleta no duelo contra o Paraná. Seu vínculo com o Tigre vai até o fim da Série B.