Micale lamenta demissão, mas crê em reação do Atlético-MG e nega “terra arrasada”

  • Por Estadão Conteúdo
  • 25/09/2017 10h53
Bruno Cantini/Atlético-MGRogério Micale não é mais o treinador do Atlético-MG

O treinador Rogério Micale, demitido do Atlético Mineiro após a derrota por 3 a 1 para o Vitória, em Belo Horizonte, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro, se mostrou conformado com a decisão do presidente do clube, Daniel Nepomuceno. Mas, em entrevista coletiva após a partida, garantiu que a equipe estava subindo de produção e revelou um sentimento de frustração pela demissão.

“Gostaria de agradecer ao Daniel (Nepomuceno, presidente) e a toda a diretoria do Atlético, que confiaram em meu trabalho. Saio chateado por não ter conseguido os resultados da forma que todos queriam, mas não faltou trabalho, dedicação. Agradeço aos jogadores e saio com o sentimento de ter feito o meu melhor. A gente entende o futebol, a forma de fazê-lo. Gostaria de permanecer porque acho que a equipe ainda vai sair dessa situação”, declarou Micale em entrevista coletiva neste domingo

Apesar da posição ruim do Atlético Mineiro no Nacional – o clube ocupa a 11.ª posição na tabela, com 31 pontos -, Rogério Micale negou que o time corra risco de rebaixamento. Micale ressaltou que a pressão por resultados imediatos foi determinante para a sua queda.

“Não vejo terra arrasada. Vejo que é um clube que com (mais) 14 pontos se livra (do rebaixamento). Não vejo nada com desespero. Mas, a gente que está no processo, vê que a pressão vem de todos os lados. O dirigente tem de tomar uma atitude para dar uma resposta e acontece isso. É muito mais fácil trocar um do que trocar vários”, avaliou.

Rogério Micale, campeão olímpico no comando da seleção brasileira nos Jogos do Rio-2016, deixa o comando do Atlético Mineiro depois de dois meses no cargo. Neste período, ele comandou a equipe em 13 partidas, ganhou cinco, empatou três e perdeu outras cinco. O nome do seu substituto deverá ser anunciado ao longo desta semana, conforme declarou o presidente atleticano no último domingo, quando confirmou a saída de Micale.