Moro telefona para autoridades paraguaias para obter informações sobre caso Ronaldinho

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2020 15h35 - Atualizado em 09/03/2020 16h12
Reprodução/Redes sociaisRonaldinho está preso desde sexta-feira, 6, em Assunção

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, telefonou para o governo do Paraguai para se inteirar da situação de Ronaldinho Gaúcho e de seu irmão, Roberto de Assis, presos por falsificação de documentos desde sexta-feira. As informações são do Globo Esporte.

De acordo com a assessoria do ministro, Moro está acompanhando os desdobramentos do caso. Ele afirmou que “o Paraguai é soberano para tomar decisões”. Brasil e Paraguai são aliados históricos na região.

Nesta segunda-feira, os advogados de defesa do craque entraram om um recurso solicitando a conversão da prisão em domiciliar. O objetivo é que eles saiam o quanto antes do presídio, e em seguida, tentar um retorno ao Brasil. A definição será tomada nesta terça-feira, 10, quando o juiz Gustavo Amarilla receberá os advogados de Ronaldinho e Assis em uma audiência.

Viagem

De acordo com um despacho publicado na edição desta terça-feira, 9, do Diário Oficial da União (DOU), o ministro viajará ao Paraguai entre 26 e 27 de março para discutir ações relacionadas a segurança pública e cooperação penitenciária entre os países.