Morre Luizinho Lemos, maior artilheiro da história do América-RJ

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2019 12h49
Divulgação/Marcio Menezes/AFCLuizinho era irmão dos também atacantes Cesar Maluco e Caio Cambalhota

Luizinho Lemos, também conhecido como Luizinho Tombo, morreu aos 66 anos neste domingo (2) no Hospital Geral de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Ele estava internado desde que sofreu um ataque cardíaco no último dia 25, enquanto dirigia o time do América na primeira rodada da Série B do Campeonato Carioca.

Maior artilheiro da história do clube com 311 gols marcados, o atleta se destacou pela velocidade e pelo poder de finalização dentro da área. Nascido em 3 de outubro de 1952, atuou também no Flamengo, Botafogo, Internacional, Palmeiras, Ferroviário, Americano, Las Palmas (ESP) e no futebol do Catar.

Campeão da Taça Guanabara de 1974 e da Copa dos Campeões de 1982, ambos os títulos conquistados pelo América, Luizinho marcou 434 gols atuando por clubes brasileiros. Ele é o terceiro maior artilheiro do Maracanã e era irmão dos também atacantes Cesar Maluco e Caio Cambalhota.

*Com Estadão Conteúdo