Nacional se diz envergonhado por deboche de torcedores a tragédia da Chape

  • Por Estadão Conteúdo
  • 01/02/2018 20h45 - Atualizado em 01/02/2018 20h53
ReproduçãoTorcedores uruguaios fizeram gestos em menção ao trágico acidente aéreo do vôo da Lamia, em novembro de 2016, que vitimou 71 pessoas

O Nacional do Uruguai lamentou nesta quinta-feira (1º) as provocações de alguns de seus torcedores, que durante a vitória sobre a Chapecoense, pela segunda fase da Pré-Libertadores, fizeram gestos que remetiam à queda do avião com jogadores do clube brasileiro em novembro de 2016, na Colômbia.

“Em nome do Club Nacional de Football, profundamente consternados, enviamos o nosso mais íntimo e profundo sentimento de vergonha por gestos feitos por dois torcedores da nossa instituição durante a partida de ontem”, pronunciou-se o Tricolor.

O clube de Montevidéu anunciou que abriu uma investigação para punir os responsáveis pelos gestos e garantiu que caso se trate de sócios, eles serão expulsos imediatamente.

“Lamentavelmente, muitas mentes doentes levam sua irracionalidade aos palcos esportivos. O Nacional fez ingentes esforços, como geralmente os clubes do continente fazem, para evitar episódios desta natureza”, acrescentou.

O time uruguaio venceu a Chape por 1 a 0 na Arena Condá nesta quarta e jogará por um empate na volta, na próxima semana, para se classificar para a última fase preliminar da Libertadores da América.