Negócio fechado! Atlético de Madrid contrata Diego Costa por empréstimo

  • Por EFE
  • 26/09/2017 17h50
Divulgação Atlético de MadridDiego Costa vai se apresentar no Atlético de Madrid nesta quarta-feira

O Atlético de Madrid completou nesta terça-feira (26) a contratação do atacante Diego Costa, que estava no Chelsea e volta ao clube espanhol três temporadas após se transferir para os Blues. O brasileiro naturalizado espanhol, foi oficialmente emprestado até o final do ano, mas não poderá entrar em campo, já que o Atlético está proibido pela Fifa de inscrever novos jogadores.

Em janeiro de 2018, o clube exercerá o compromisso de compra do acordo, de 55 milhões de euros (além da possibilidade de outros 10 milhões por cláusulas de desempenho), e a partir de então poderá utilizá-lo.

Diego Costa usará a camisa 18 – como anunciado no próprio site do Atlético, que divulgou uma mensagem de boas-vindas – e, até que possa jogar, se unirá aos treinos da equipe às ordens do técnico Diego Simeone.

O atacante foi essencial na conquista do último título espanhol pelo Atlético, na temporada 2013-2014, e desde que passou a ter desavenças com o treinador do Chelsea, Antonio Conte, foi cobiçado pelos colchoneros. Ao fim da última temporada, Conte enviou uma mensagem de celular ao atacante afirmando que não contava com ele para a campanha seguinte.

Diego Costa, por quem o Chelsea pagou 38 milhões de euros no dia 1º de julho de 2014, jogou pelo clube inglês nas últimas três temporadas, disputando 120 partidas, marcando 59 gols e dando 19 assistências, além de ter participado da conquista de dois títulos do Campeonato Inglês.

Este será o terceiro vínculo de Diego com o Atlético. No primeiro, entre 2007 e 2009, ele acabou emprestado a Braga, Celta e Albacete, antes de ser vendido ao Valladolid.

Em 2010, após boa temporada, ele retornou ao clube da capital como reserva de Diego Forlán e Sergio Agüero e foi emprestado ao Rayo Vallecano em 2012, voltando no ano seguinte para deixar seu nome na história do Atlético.