Neymar diz à polícia que Najila falava em casamento e que o amava, segundo TV

  • Por Jovem Pan
  • 13/06/2019 22h35
Reprodução

Neymar prestou depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher na Zona Sul de São Paulo, nesta quinta-feira (13), por cerca de três horas. Segundo informações da TV Globo, o jogador afirmou à polícia que a modelo Najila Trindade, que o acusa de estupro, dizia que o amava e falava em casamento.

“Como ela pode me amar se nem me conhecia direito?”, teria dito Neymar aos policiais durante o depoimento, segundo a TV Globo.

Neymar informou durante o depoimento que o sexo com a modelo foi consensual e que usou camisinha – versão diferente do que disse Najila. Segundo o jogador, após a prática sexual, ele jogou o preservativo no vaso sanitário. A TV ainda informa que o craque disse que é atleta e não poderia se expor.

O Jornal Nacional ainda disse que Neymar afirmou que a foto que tirou de Najila nua foi posada e que ela pediu para levar tapas. O jogador também confirmou que havia bebido uma dose antes do primeiro encontro.

Agradecimento

“Agradeço ao carinho de todos, estou tranquilo e agradeço as mensagens que recebi até agora. A verdade aparece cedo ou tarde”, disse Neymar na saída da delegacia.

As promotoras do caso, Flávia Cristina Merlini e Kátia Peixoto, concederam entrevista após o depoimento e afirmaram que Neymar respondeu todas as perguntas.

“Ele respondeu a todos os esclarecimentos. A partir de agora, a doutora Juliana (Bussacos), vai tomar outras diligências necessárias até a conclusão do inquérito. Como o inquérito é sigiloso, não podemos divulgar quais serão as outras diligências. Ele respondeu todas as perguntas de maneira satisfatórias. Ele negou o crime”, disse a promotora Flávia Merlini.