Neymar, Luciano Huck, Medina e amigos arrecadam R$ 1,5 milhão no combate à pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 30/03/2020 09h02 - Atualizado em 30/03/2020 15h50
Reprodução/InstagramNeymar, Gabriel Medina, Thiaguinho, Rafael Zulu

Em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, se reuniu com Luciano Huck (apresentador), Bruninho (jogador de vôlei), Gabriel Medina (surfista), Thiaguinho (cantor), Rafael Zulu (ator) e outros amigos para fazer uma “vaquinha”. No total, eles arrecadaram cerca de R$ 1,5 milhão, que serão destinados para comunidades carentes no Rio de Janeiro.

A ação foi anunciada por Huck no último domingo (29), quando ele utilizou suas redes sociais para dar mais detalhes da campanha que visa dar suporte à população em estado de vulnerabilidade durante o surto de Covid-19.

“Prestando contas: o fundo solidário que levantamos entre nossa família e amigos irá doar mais de R$ 1,5 milhão nos próximos dias. Estamos focados na rede de empreendedores sociais que atuam em favelas e comunidades, os quais conectamos nos últimos 20 anos rodando o país”, escreveu o profissional da Rede Globo.

Na legenda, ele também completou: “A Solidariedade deve ser mais contagiosa que o vírus. Vc que pode, faça o mesmo. #exemploarrasta.”

Gabriel Medina, surfista campeão mundial, também postou um vídeo, no qual ele, Huck, Neymar, Thiaguinho, Bruninho e Rafael Zulu aparecem incentivando a solidariedade em um momento conturbado. (Veja abaixo).

 

O valor de R$ 1,5 milhão, entretanto, foi menosprezado por muitos internautas. No Twitter, muitos fãs afirmaram que o grupo poderia doar mais, em especial Neymar, jogador do PSG que está na lista dos mais bem remunerados do mundo do futebol.

O ato foi comparado a de outros grandes estrelas do esporte, como as contribuições de Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Roger Federer e Rafael Nadal.